segunda-feira, 27 de maio de 2024
InícioDestaque PrincipalCuiabá vence o União e conquista o tetracampeonato Mato-grossense consecutivo
CAMPANHA INVICTA

Cuiabá vence o União e conquista o tetracampeonato Mato-grossense consecutivo

Dourado teve o melhor ataque, com 27 gols marcados em 13 jogos, somando nove vitórias e cinco empates

O Cuiabá conquistou o tetracampeonato Mato-grossense consecutivo pela primeira vez, depois de vencer o União na final da competição. A 13ª taça do estadual veio em uma campanha invicta.

A partida de volta da decisão ocorreu neste sábado (06), no estádio Luthero Lopes, finalizado em 1 a 0 para o Dourado.

O Auriverde abriu a vantagem no jogo de ida por 1 a 0, na Arena Pantanal.

Na competição, o Cuiabá teve o melhor ataque, com 27 gols marcados em 13 jogos, somando nove vitórias e cinco empates. O atacante Isidro Pitta ficou em segundo lugar na artilharia do Estadual, com seis gols.

Com o título, o Dourado se consagrou tridecacampeão Mato-grossense, conquistando títulos em 2003, 2004, 2011, 2013, 2014, 2015, 2017, 2018, 2019, 2021, 2022, 2023 e 2024.

Jogo de volta

Aos 24 minutos do primeiro tempo, o União errou na saída de bola. Derik interceptou, tocou para o Deyverson, que encontrou Clayson livre pela esquerda da área para finalizar.

Thiago Primão recebeu arremesso e tocou para o Anderson Canhoto, o qual perdeu a oportunidade de empatar a partida de volta, depois de girar e finalizar por cima do gol aos 35 minutos.

No segundo tempo, Fabinho cruzou para Brener que finalizou. Caído no chão, Yan Maranhão acabou por desviar a bola para fora e o Colorado não conseguiu empatar.

Nos minutos finais da partida, Alan Empereur chutou a bola depois da marcação de falta e foi expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Na cobrança de lateral a favor do União, Cafú tentou atrapalhar, mas atingiu o Fabinho no rosto. O camisa 7 do Dourado levou cartão vermelho.

Tetracampeonato

O Cuiabá é o segundo clube a conquistar o tetracampeonato Mato-grossense seguido. Anteriormente, o Mixto foi primeiro a alcançar o feito nos anos de 1951, 1952, 1953 e 1954, assim como em 1979, 1980, 1981 e 1982.

Com o tetracampeonato, o Dourado ultrapassa o Operário VG e se torna o segundo maior vencedor do Estadual.

Do Olhar Esportivo

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se