sexta-feira, 1 de março de 2024
InícioDestaque PrincipalCDL Cuiabá diz que reajuste da taxa de lixo é “abusivo e...
REAJUSTE DE 212%

CDL Cuiabá diz que reajuste da taxa de lixo é “abusivo e desmedido”

O decreto foi assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB)

O presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) Cuiabá, Junior Macagnam, classificou como “abusivo” e desmedido o aumento na cobrança da Taxa do Lixo cobrada em Cuiabá.

Um decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), reajustou a taxa em 212%.

Para os proprietários de imóveis onde a coleta de lixo domiciliar ocorre três vezes por semana, a taxa passará de R$ 10,60 para R$ 33,10.

Aos imóveis com coleta de quatro a seis vezes por semana, a taxa saltou de R$ 21,20 para R$ 66,20.

Segundo a CDL, não há justificativa técnica para esse aumento em tão curto período após o início da cobrança.

A taxa passou a ser cobrada aqui na Capital há seis meses.

A prefeitura alegou que o aumento se justifica pelo custo mensal do serviço de coleta de lixo, estimado em mais de R$ 5,3 milhões.

O valor inclui transporte e destinação final adequada do lixo no aterro sanitário.

Na visão da CDL, a prefeitura deve revisar essa decisão, especialmente considerando que a primeira cobrança com os novos valores já está prevista para fevereiro.

O presidente da entidade afirmou, ainda, que é possível buscar alternativas que garantam a sustentabilidade financeira do serviço de coleta de lixo sem impor um ônus excessivo à população.

A entidade também cobrou transparência e participação da sociedade nas decisões que impactam diretamente o bolso dos cidadãos.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se