sábado, 15 de junho de 2024
InícioPolíticaPresidente da Metamat critica Garcia e sugere Campos no comando do DEM

Presidente da Metamat critica Garcia e sugere Campos no comando do DEM

Para Juliano, um presidente partidário precisa estar disponível para a sigla 24h por dia

O presidente da Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat), Juliano Jorge Boraczynski, criticou a atuação do presidente do Democratas, o empresário Fábio Garcia, e sugeriu que o ex-governador Júlio Campos seria mais eficiente na condução sigla.

Juliano destacou ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (15), que um presidente partidário tem que estar disponível 24 horas por dia. Nesse sentido, falta ao atual presidente uma maior atenção à legenda, que estaria adormecida em Mato Grosso.

A crítica de Juliano faz coro a apontamentos de outros membros do partido – a exemplo de Júlio Campos, o deputado Eduardo Botelho e o senador Jayme Campos – que também apontaram uma estagnação na legenda sob condução de Fábio Garcia.

“Eu vejo realmente que o DEM está precisando de uma nova roupagem na presidência. O Fábio Garcia é uma excelente pessoa, competente, mas não tem dado a atenção devida que o partido merece”, apontou Juliano.

“Vejo com muitos bons olhos o nome do ex-governador Júlio Campos como um presidente muito atuante politicamente. Ele faz política 24 horas por dia atendendo ligações de vereadores, prefeitos e afiliados. Então, ele realmente se dedica muito ao partido, sempre se dedicou”, reiterou.

Para Juliano, a sigla estaria melhor orientada com Júlio Campos, sobretudo para ampliar o número de representantes no Parlamento.

“Então, acho que o Júlio Campos presidente do partido hoje seria um excelente nome. E faria com que na próxima eleição tanto o número de deputados estaduais e federais crescesse em nosso estado”, finalizou.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se