segunda-feira, 22 de julho de 2024
InícioCidadesAdvogado de VG é preso acusado de integrar grupo criminoso que movimentou...
TRÁFICO DE DROGAS

Advogado de VG é preso acusado de integrar grupo criminoso que movimentou R$ 30 milhões

Operação Extramuros foi deflagrada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará (FICCO/CE)

THAIZA ASSUNÇÃO – DA REDAÇÃO 

O advogado Adalto Sales de Matos Júnior foi preso na manhã desta terça-feira (9), em Várzea Grande, durante a Operação Extramuros, deflagrada pela Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará (FICCO/CE).

A Operação apura uma organização criminosa com atuação no tráfico de drogas na fronteira do Brasil com a Bolívia.

Conforme a investigação, foram identificadas movimentações financeiras superiores a R$ 30 milhões nas contas dos investigados.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT),  informou que está acompanhando o caso, através do Tribunal de Defesa das Prerrogativas (TDP), para garantir as prerrogativas do advogado.

“Posteriormente, será analisada pelo Tribunal de Ética e Disciplina (TED) para verificar se houve falta ética”, diz trecho do documento.

No total, foram deferidos 13 mandados de prisão e autorizadas buscas e apreensões em 44 endereços nas cidades de Trairão/PA, Rondon/PA, Camocim/CE, Fortaleza/CE, Açailândia/MA, Várzea Grande/MT, Fernandópolis/SP, Foz do Iguaçu/PR, Caruaru/PR e Olinda/PR.

Além disso, foram sequestrados imóveis e veículos pertencentes ao grupo criminoso.

Entenda

Na última sexta-feira (05), foi preso um dos idealizadores e chefes do grupo criminoso cearense.

Na ocasião, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência do investigado, localizada em um condomínio de alto padrão na Região Metropolitana de Fortaleza/CE, e apreendidos dois veículos.

Durante a ação policial, foi dado cumprimento a mandado de busca em outro local, nesta cidade, culminando na prisão de outro indivíduo. Os presos foram encaminhados para a Polícia Federal e ficarão à disposição da Justiça.

Na sequência investigativa, foi apreendido, na manhã de segunda (08), mais um veículo pertencente ao grupo criminoso, em Fortaleza/CE.

Além disso, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão criminal no município de Brasiléia/AC.

Pelo período da tarde, foram cumpridos mandados de prisão em desfavor de dois médicos, nos municípios de Garça/SP e de Novo Itacolomi/PR. Ambos os alvos são suspeitos de praticarem lavagem de dinheiro para o grupo criminoso que atua na capital cearense.

A Força Integrada de Combate ao Crime Organizado no Ceará (Ficco) é composta pela Polícia Federal (PF), Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE), Polícia Militar do Ceará (PMCE), Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Secretaria Nacional de Políticas Penais (SENAPPEN), Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) e Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização do Estado do Ceará (SAP).

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se