sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024
InícioDestaque PrincipalPrefeita de Barão alega crise financeira e determina recesso de 50 dias
FÉRIAS LONGA

Prefeita de Barão alega crise financeira e determina recesso de 50 dias

Margareth Gonçalves alegou falta de liberação de recursos por parte do governo federal

A prefeita de Barão do Melgaço, Margareth Gonçalves (PSDB), determinou um recesso de 50 dias na administração municipal.

A medida consta em um decreto assinado pela gestora que entrou em vigor nesta segunda-feira (27) e segue até 15 de janeiro do próximo ano.

No documento, a prefeita diz que a falta de liberação de recursos por parte do governo federal e a crise financeira enfrentada pela cidade justifica a medida.

Ela apontou, ainda, que a crise financeira é decorrente da redução na arrecadação do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

A prefeita alegou ainda a necessidade de contenção de despesas.

Segundo ela, o recesso permitirá que alguns contratos de trabalho sejam rescindidos e assim enxugar a máquina.

Conforme publicação, durante o recesso funcionarão os serviços administrativos internos que forem considerados necessários para o encerramento das atividades do exercício.

Para isso, serão implementadas escalas de revezamento de trabalho dos servidores.

O recesso não se aplica às Pastas que exigem plantão permanente, como Secretaria de Saúde, incluindo todas as unidades de atendimento, Secretaria de Infraestrutura, Viação e Obras e a Secretaria de Educação.

As atividades essenciais como a coleta de lixo também não sofrerão paralisação.

Na Secretaria de Finanças será mantido somente o Setor de Tributos e, na Secretaria de Administração, o departamento de protocolo, para atendimento ao público.

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se