quinta-feira, 18 de abril de 2024
InícioPolíticaMendes diz que MT passou de nota 'C' para 'A' em avaliação...

Mendes diz que MT passou de nota ‘C’ para ‘A’ em avaliação do Tesouro

União poderá dar garantias em transições de financiamento em favor do Estado

O Governo de Mato Grosso passou de ‘C’ para ‘A’ na nota da Capacidade de Pagamento do Estado (Capag), medida pelo Tesouro Nacional. O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes (DEM), na tarde desta segunda-feira (24).

Na prática, a União poderá dar garantias em transições de financiamento em favor do Estado. Segundo Mendes, apenas os Estados do Espírito Santo e Rondônia obtiveram a mesma nota no país.

“De um Estado com dívidas de R$ 3,5 bilhões no início de 2019, estamos com as contas equilibradas e com um Estado economicamente recuperado, após 10 anos de descontrole. O Governo poderá, a partir de agora, fazer operações de crédito com garantia da União para investimentos públicos”, afirmou o governador.

Segundo ele, o resultado foi obtido seguindo a metodologia que avalia três principais indicadores: endividamento, poupança corrente e liquidez.

O primeiro indicador é calculado pela relação entre a dívida consolidada e a receita corrente líquida. O segundo é definido pela relação entre a despesa corrente e a receita corrente ajustada. Já o terceiro é calculado pela relação entre as obrigações financeiras e a disponibilidade de caixa bruta.

De acordo Mendes, a avaliação positiva foi possível pelas medidas tomadas no início da gestão.

“Reduzimos despesas e trabalhamos para melhorar a arrecadação do Estado. Muito desse trabalho já pode ser visto pela população com entregas de obras e ações em infraestrutura, saúde, educação, segurança pública, só para citar algumas áreas”, disse.

Entre as ações: a reforma administrativa, que reduziu de 24 para 15 o número de secretarias; corte de gastos; renegociação de dívidas; combate à sonegação fiscal; revisão dos incentivos fiscais; reedição do Fethab (Fundo Estadual de Transporte e Habitação); revisão dos critérios de concessão da revisão da RGA (revisão geral anual); a nova Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estadual.

“Mato Grosso voltou a honrar seus compromissos com os servidores, fornecedores, Poderes, municípios e, principalmente, com a população, que necessita de serviços públicos de qualidade. Tudo isso foi definitivo para que o Estado alcançasse a nota A do Tesouro Nacional”, concluiu o governador.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se