quarta-feira, 17 de abril de 2024
InícioPolíticaChamado de “bobo da corte”, secretário diz que deputado revela imaturidade

Chamado de “bobo da corte”, secretário diz que deputado revela imaturidade

Carvalho ironizou o desempenho alcançado pelo deputado na disputa em VG

Chamado de “bobo da corte” pelo deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB), o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho disse que as declarações revelam a “imaturidade” do parlamentar.

A troca de farpas entre ambos teve início nos últimos dias, em razão do conturbado processo de vacinação contra Covid-19 dos profissionais da segurança pública.

O governo do Estado acusou a prefeitura de Cuiabá de não cumprir com o pactuado para a imunização da categoria. Já o deputado Emanuelzinho, aponta falta de diálogo e respeito por parte do governador Mauro Mendes (DEM) e seus principais secretários.

“Mais uma vez ele prova sua imaturidade e sua inexperiência. Emanuelzinho foi eleito pelo povo – principalmente pela Baixada Cuiabana para trabalhar e não vir com entrevistas com frases prontas, piadinhas prontas. Essa postura é lamentável”, disse o secretário, em entrevista à Rádio CBN Cuiabá.

O chefe da Casa Civil questionou a atuação do deputado em meio à pandemia e citou que Cuiabá atravessa uma série de dificuldades.

Leia também: Após segurança, Mendes quer vacinar professores contra Covid-19

Segundo ele, caberia ao deputado, por exemplo, gastar energia para resolver problemas como o atraso na vacinação da Capital, bem como a falta de medicamentos e insumos nas unidades de referência em atendimento à Covid.

“O que ele está fazendo para o próximo? Não vi o deputado Emanuelzinho em nenhum posto de vacinação, vendo o caos que é a vacinação em Cuiabá. Nunca vi ele acompanhar uma visita ao Pronto Socorro. Esse final de semana está nos jornais a falta de medicamentos e insumos no hospital de referência”, afirmou.

“Ele não está fazendo nada. A partir do momento que ele vai para uma entrevista e fica se preocupando comigo… Ele teve voto de muitas pessoas e deve satisfação a elas. Para de se preocupar comigo e se preocupe com o próximo. Se ele quer realmente ajudar o próximo, ajude a prefeitura de Cuiabá a sair desse caos da vacinação. A sair do caos da falta de medicamentos”, emendou.

“Ganância política”

Ainda durante a entrevista, o secretário Mauro Carvalho ironizou o desempenho alcançado pelo deputado na disputa à prefeitura de Várzea Grande, na eleição do ano passado.

Na ocasião, Emanuelzinho ficou na terceira colocação, atrás do prefeito eleito Kalil Baracat (MDB) e do empresário Flávio Frical (PSB).

“Não estou aqui para discutir quem é bobo da corte. Se a gente for falar de bobo da corte, qual foi o papel que o deputado desempenhou na campanha política de Várzea Grande?”, questionou.

“Ficou em terceiro lugar, com 13% dos votos. Isso sim é o que? Ganância política? Imaturidade política? Não é por aí que vamos chegar no melhor atendimento à população de Mato Grosso”, concluiu.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se