terça-feira, 28 de maio de 2024
InícioPolíticaCâmara de Cuiabá estuda adotar lockdown para conter avanço do novo coronavírus

Câmara de Cuiabá estuda adotar lockdown para conter avanço do novo coronavírus

O vereador Dr. Luiz Fernando (Republicanos) afirmou que a Câmara Municipal de Cuiabá estuda a possibilidade de fechar as portas como forma de conter o avanço da Covid-19 no Parlamento. A medida é discutida na Casa de Leis na manhã desta segunda-feira (01).

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá, o parlamentar afirmou que a discussão em torno do tema está sendo realizada pelos vereadores membros do Colégio de Líderes da Câmara nesta manhã.

A medida é pautada pelos parlamentares em meio ao avanço da pandemia na Capital, que tem registrado alto índice de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), assim como aumento significativo no número de mortes diárias e novos contágios pela doença.

“Pegamos os dados, que é como temos trabalhado. Tomaremos essa decisão agora, no período da manhã desta segunda-feira no colégio de líderes. Para que possamos decidir com o apoio da maioria dos vereadores o fechamento para o público da Câmara Municipal de Cuiabá”, apontou o vereador.

Segundo o parlamentar, o fechamento da Casa de Leis não acarreta em paralisação das atividades. Conforme esclareceu Luiz Fernando, uma das opções que está sendo discutida é para que esteja liberado para exercício das atividades presenciais somente um chefe de gabinete e mais dois funcionários.

“Não vamos parar com os trabalhos internos, até porque temos muitos trabalhos para serem feitos. Todos os gabinetes estão trabalhando bastante. O que foi tomado de conduta é que cada gabinete trabalhe o chefe e mais dois funcionários. E as secretárias, que são nove na Casa, alguma são essenciais que sejam presenciais. Já as que não são essenciais devem trabalhar de forma remota”, afirmou.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se