terça-feira, 28 de maio de 2024
InícioCidadesPecuarista e filho médico são presos por invadir casa e matar dois...
EXECUÇÕES EM PEIXOTO

Pecuarista e filho médico são presos por invadir casa e matar dois idosos; veja vídeos

As armas utilizadas no crime e a caminhonete usada na fuga não foram localizadas

CAMILA RIBEIRO – DA REDAÇÃO

A pecuarista Inês Gemilaki e o filho dela, o médico Bruno Gemilaki Dal Poz, foram presos pela Polícia Civil de Mato Grosso, na tarde desta terça-feira (23).

Eles eram procurados desde o último domingo (21), quando invadiram uma residência na cidade de Peixoto de Azevedo atirando contra as pessoas que estavam no local. Dois idosos morreram e um terceira vítima ficou ferida.

Inês e o filho estavam escondidos em uma fazenda de propriedade da família.

Uma advogada dos atiradores procurou a Polícia Civil e comunicou que eles iriam se entregar, solicitando o acompanhamento até a fazenda.

Mãe e filho serão interrogados ainda nesta terça.

As armas utilizadas no crime e a caminhonete usada na fuga não foram localizadas.

Nesta manhã, Márcio Ferreira Gonçalves (esposo de Inês) e o irmão dele, Eder Gonçalves Rodrigues, já haviam sido presos por participação nos crimes.

Toda a ação dos atiradores foi registrada por câmeras de segurança da casa.

Segundo a delegada Anna Marien, responsável pelas investigações, os atiradores tinham como alvo o dono da residência onde ocorria a confraternização.

Ele teria feito ameaças públicas contra os investigados, em razão de um processo referente a um contrato de aluguel.

Ele não foi atingido pelos tiros.

Foram mortos na ocasião: Pilson Pereira da Silva, de 65 anos, e Rui Luiz Bogo, de 57 anos. O padre que estava na casa e foi atingido passou por cirurgia e está fora de perigo.

Veja vídeos: 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se