domingo, 3 de março de 2024
InícioDestaque PrincipalEm Cuiabá, Dallagnol critica indicação de Dino ao STF: “Mistura de...
VEJA VÍDEO

Em Cuiabá, Dallagnol critica indicação de Dino ao STF: “Mistura de Moraes e Gilmar”

Ex-coordenador da força-tarefa da Lava Jato participou de evento do Partido Novo na Capital mato-grossense

THAIZA ASSUNÇÃO – DA REDAÇÃO 

Em visita a Cuiabá, o deputado federal cassado Deltan Dallagnol (Novo) criticou duramente a indicação do ministro da Justiça Flávio Dino para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Dino foi indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a vaga deixada pela ministra Rosa Weber.  O nome ainda precisa passar por uma sabatina no Senado Federal.

Para Dallagnol, que coordenou a força-tarefa da Lava Jato,  Dino no Senado será uma mistura dos ministros Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes.

“Se Dino for ao STF, ele será a mistura dos ministros Alexandre de Moraes e Gilmar Mendes. [Juntará] uma politização do ministro Gilmar Mendes, quando já temos uma corte de caráter muito político, misturado com um caráter mais autoritário do ministro Alexandre de Moraes”, criticou.

“Nós vimos, durante a gestão Flávio Dino [no Mistério da Justiça], a perseguição a adversários políticos com a instauração de inquéritos inclusive contra jornalistas, procuradores e juízes da Lava Jato sem indicar sequer o crime que seria praticado. Então, nós temos uma série de desmandos e práticas que não coadunam com a de um ministro do STF”, acrescentou.

Dallagnol  participou de um evento do Partido Novo em Cuiabá, nesta quarta-feira (6). A sigla lançou um abaixo assinado para coletar assinaturas contra a indicação de Dino ao STF.

À imprensa cuiabana ele ainda citou supostos escândalos de corrupção que Dino estaria envolvido.

“Há uma série de escândalos envolvendo o Flávio Dino, como a compra de respiradores (à época da pandemia) no Maranhão, por milhões e milhões de reais, com superfaturamento apontado de 150%. Ele aparece em uma delação da Odebrech, inclusive o apelido dele era Cuba”, afirmou.

“Além disso,  Dino é uma pessoa comunista, e se formos olhar os países comunistas ao redor do mundo foram responsáveis pelo extermínio de milhões e milhões de pessoas, e como alguém que se alto declara comunista pode entrar na Suprema Corte?”, questionou.

Veja vídeo: 

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se