quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024
InícioCidadesGolpista engana comprador e vendedor de carro, arma encontro e dá golpe...
FALSO INTERMEDIADOR

Golpista engana comprador e vendedor de carro, arma encontro e dá golpe de R$ 15 mil

A transação consistia na compra de um automóvel, modelo VW FOX, avaliado em R$ 33 mil

A Polícia Civil conseguiu recuperar R$ 15,9 mil subtraídos de uma vítima do golpe do “falso intermediador de vendas” durante a compra de um veículo anunciado pela internet.

A vítima, de 32 anos, registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Sorriso, relatando que havia sido enganada durante a compra de um veículo.

A transação consistia na compra de um automóvel, modelo VW FOX, avaliado em R$ 33 mil.

Segundo as investigações, o verdadeiro dono do veículo, de 34 anos, anunciou a venda carro pelo Market Place do Facebook e foi procurado por um homem desconhecido que se mostrou interessado.

O golpista disse que o carro era para outra pessoa que não deveria saber o valor do veículo.

Na outra ponta, a vítima, que registrou o boletim de ocorrência, travava a compra do veículo com o golpista, tendo oferecido R$ 15,9 mil à vista e oito parcelas de R$ 500.

Após negociar com as duas vítimas, o golpista conseguiu que o dono do carro e o comprador se encontrassem no Shopping de Sorriso.

Convencido de que estava comprando o carro, o interessado fez a transferência via pix para o golpista.

Já o verdadeiro dono do veículo, acreditando que receberia o valor pelo qual o veículo foi anunciado (R$ 33 mil), exigiu para a entrega do automóvel, que o restante do valor fosse depositado.

Mesmo tendo se encontrado anteriormente, o comprador e o vendedor do veículo não conversaram, respeitando todas as orientações do “falso intermediador de vendas”, e somente após os fatos descobriram que haviam caído em um golpe, momento em que procuraram a delegacia.

Após o registro de ocorrência, os investigadores de polícia de Sorriso rapidamente  entraram em contato com a equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Informáticos (DRCI), repassando as informações sobre os fatos e os comprovantes bancários do pix realizados pela vítima.

Em ação rápida, a equipe da DRCI junto ao setor antifraudes da agência bancária conseguiu bloquear integralmente o valor subtraído da vítima.

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se