sábado, 15 de junho de 2024
InícioPolíticaPresidente diz que ida de Emanuel para o DEM é “impossível”

Presidente diz que ida de Emanuel para o DEM é “impossível”

Beto Dois a Um ainda rebateu alegações do prefeito de que há "traidores" na sigla

O presidente do DEM em Cuiabá, Beto Dois a Um, classificou como “impossível” uma eventual ida do prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB) para o Democratas.

Na manhã desta segunda-feira (31), informações veiculadas na imprensa davam conta de que o prefeito teria recebido um convite de filiação do senador Jayme Campos, um dos líderes do DEM no Estado.

“Eu acho impossível. Confio cegamente na coerência do senador Jayme Campos, estivemos reunidos na semana passada. Hoje, inclusive, falei pela manhã com o deputado Eduardo Botelho, com o Fabio Garcia”, disse Beto.

“Acho que deve ter tido algum equívoco na interpretação. Não consigo ver sentido numa proposta dessas, com todo respeito”, emendou.

As declarações foram dadas na manhã desta segunda, durante entrevista à Rádio CBN Cuiabá.

Na ocasião, ele ainda rebateu apontamentos feitos pelo prefeito em relação a uma recente reunião do DEM com vistas a tratar do processo eleitoral de 2022.

Após o encontro – que priorizou, entre outras pautas, a candidatura à reeleição do governador Mauro Mendes (DEM) -, Emanuel deu declarações dando conta de que há “traidores” entre os aliados do Governo.

“Achei essas declarações fora de contexto, especialmente, porque se trata de uma reunião de um partido do qual ele não pertence. Dar palpite numa reunião que ele não participou, de uma sigla que ele pertence, é sem futuro nenhum”, afirmou o presidente.

Beto garantiu, ainda, que o DEM tem como prioridade trabalhar pela reeleição de Mendes, ainda que ele não tenha admitido que voltará a encarar às urnas na próxima disputa eleitoral.

“O partido vai trabalhar fortemente para isso até o final. Vejo que boa parte da população se sente representada pela atual gestão. Claro que governador não abre [essa decisão de disputar ou não]. As decisões dele são sempre próximo a última hora. Mas o DEM trabalha neste sentido”, disse.

“Paralelo a isso, buscamos montar chapas fortes para Assembleia Legislativa e Câmara Federal, com a meta de eleger cinco estaduais e dois federais e buscar a reeleição do governador, se assim for o desejo dele”, concluiu o presidente.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se