sábado, 20 de julho de 2024
InícioPolíticaBase de Emanuel fica com relatoria de CPI dos Medicamentos Vencidos

Base de Emanuel fica com relatoria de CPI dos Medicamentos Vencidos

Marcus Brito será relator; Tenente-coronel Paccola ocupa comissão na condição de membro

O vereador Marcus Brito (PV) será o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara de Cuiabá que irá apurar eventuais responsabilizações sobre o episódio envolvendo a descoberta de medicamentos vencidos no Centro de Distribuição da Capital.

Cabe ao relator, apresentar um parecer sobre a questão tratada pela comissão. Ou seja, ele deve sugerir qual decisão a CPI tomar. E, este parecer é votado pela comissão, antes de ser levado à plenário.

A definição pelo nome de Marcus Brito foi tomada em reunião do Colégio de Líderes, realizada na manhã desta segunda-feira (10).

Durante a reunião, foi definido, ainda, que o vereador de oposição, tenente-coronel Paccola (Cidadania) ocupará o cargo de membro.

Com isso, a base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) ocupa os dois cargos mais estratégicos da CPI. A presidência é responsabilidade do vereador Lilo Pinheiro (PDT).

Por ter apresentado o requerimento pela abertura da investigação, automaticamente, ele passa a presidi-la.

Medicamentos vencidos

Os remédios vencidos foram localizados no Centro de Distribuição de Medicamentos e Insumos da Capital (CDEMIC), durante uma vistoria realizada por vereadores de oposição.

No local foram encontrados fora do prazo de validade: amoxicilina, ibuprofeno, ritalina, anestésicos, dipirona e paracetamol, por exemplo. Muitos deles, vencidos há mais de anos.

O flagrante foi feito pelos vereadores de oposição Diego Guimarães (Cidadania) – que está licenciado do cargo – Maysa Leão (Cidadania), Michelly Alencar (DEM) e Tenente-Coronel Paccola (Cidadania).

Os parlamentares receberam denúncias que apontavam a suposta existência dos itens fora do prazo de validade e, em vistoria ao local, constaram a situação.

A Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) foi acionada na mesma data e já tem uma apuração de modo a avaliar os prejuízos ao erário por conta desse episódio.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se