segunda-feira, 22 de abril de 2024
InícioCidadesMulher é presa por aplicar golpes contra vítimas idosas

Mulher é presa por aplicar golpes contra vítimas idosas

A suspeita, de 23 anos, mantinha um escritório para prática do crime em um quarto de hotel

Uma mulher que estava aplicando golpes contra vítimas idosas em Cuiabá e cidades vizinhas foi presa em flagrante pela Polícia Civil.

A suspeita, de 23 anos, mantinha um escritório para prática do crime em um quarto de hotel, no bairro Bandeirantes, em Cuiabá.

A mulher é integrante de uma associação criminosa envolvida em crimes de estelionato e veio da cidade São Paulo (SP), há aproximadamente 30 dias.

Ela estava em Cuiabá aplicando o golpe do “falso motoboy” e durante o período movimentou aproximadamente R$ 80 mil com a prática criminosa.

Até o momento, três vítimas foram identificadas, todas elas mulheres e idosas.

Para aplicar o golpe, a suspeita entrava em contato com a vítima, por telefone, se passando por funcionária de uma agência bancária e comunicando a tentativa de compras fraudulentas. Dando continuidade à conversa, a suspeita dizia que estava fazendo o bloqueio do cartão e induzia a vítima a fornecer dados pessoais e bancários da conta.

No final da conversa, a vítima era instruída a cortar o cartão ao meio e em seguida, um motoboy enviado pelo banco iria até a residência para retirada do cartão, que a vítima acreditava já estar cancelado.

Segundo informações da Delegacia Especializada de Crimes Informáticos (DRCI), o primeiro golpe aplicado pela suspeita ocorreu no dia 06 de abril, contra uma vítima da cidade de Chapada dos Guimarães.

Na ocasião, a mulher conseguiu dar um golpe de R$ 46 mil. Posteriormente, foi aplicado o mesmo golpe contra uma vítima de 68 anos, moradora de Cuiabá, em que o valor subtraído foi de R$ 25 mil.

O último golpe – no valor de R$ 2,5 mil – foi aplicado na segunda-feira (26), contra uma senhora de 80 anos.

Através das investigações da DRCI foi possível identificar a suspeita e local de onde ela cometia os golpes. Ela foi presa em flagrante.

Com a mulher, foram apreendidas 15 máquinas de cartão de crédito utilizadas para realizar as transações bancárias a partir dos cartões que ela adquiria fraudulentamente.

Segundo o delegado, Ruy Guilherme Peral da Silva, a estelionatária não possui antecedentes criminais no estado de São Paulo, porém, há suspeitas que ela seja integrante uma organização criminosa interestadual envolvida em golpes cometidos por meios virtuais. O delegado representou pela conversão da prisão em flagrante em preventiva.

“A prisão desta mulher representa um forte golpe contra o crime organizado que tem praticado estelionato em Cuiabá e nas cidades vizinhas. Foi uma ação extremamente exitosa, pois ela não está respondendo só pelo crime de estelionato majorado praticado contra idoso mas também por crime de integrar organização criminosa e falsa identidade”, disse Peral.

As investigações continuam para a identificação de outras pessoas envolvidas no crime e que dariam suporte na aplicação do golpe.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se