segunda-feira, 22 de abril de 2024
InícioNotíciasEduardo Botelho cobra postura estadista de governador e prefeito sobre vacinação

Eduardo Botelho cobra postura estadista de governador e prefeito sobre vacinação

Primeiro secretário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o deputado Eduardo Botelho (DEM) afirmou que faltou ao governador Mauro Mendes (DEM) e ao prefeito e Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), uma postura estadista quanto à vacinação de profissionais da segurança pública.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá na manhã desta sexta-feira (9), o parlamentar apontou que, neste momento de pandemia, os dois principais gestores de Mato Grosso deveriam estar mais abertos ao diálogo.

O apontamento de Botelho foi concedido após uma polêmica em torno da vacinação dos profissionais da segurança pública ser anunciada em Mato Grosso. Na quinta-feira (8), Estado e Município entraram em conflito sobre as doses disponibilizadas para os servidores e a imunização foi temporariamente suspensa.

O governo estadual alegou que a prefeitura não teria disponibilizado as doses necessárias para imunizar os profissionais. Já o Executivo municipal negou a suposta omissão e afirmou que o Estado estaria tentando remanejar vacinas destinadas aos idosos da cidade.

Ao comentar sobre o fato, o deputado disse que ambos estão “jogando errado” e que a população é a mais afetada diante do conflito.

“No meu entender, ninguém tem razão. Só tem razão quem estava esperando a vacina. Acho que tem faltado diálogo e venho dizendo sempre que está precisando sair o político de dentro e entrar o estadista. Este é o momento de conversar, do diálogo e chamar para os entendimentos. Neste aspecto, não posso dar ponto para ninguém. Nem para A e nem para B. Todos estão jogando errado ao meu ver”, disse Botelho.

“Eu tentei, ainda quando estava na presidência no início deste ano, tentei várias vezes chamar para o diálogo, mostrando que só tinha a ganhar. Mas, infelizmente, houve negativa de ambas as partes. Ainda é possível e espero que haja diálogo, quem vai ganhar é a população”, finalizou.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se