sábado, 18 de maio de 2024
InícioNotíciasCom colapso na Saúde, Fiocruz defende lockdown de 14 dias em Mato...

Com colapso na Saúde, Fiocruz defende lockdown de 14 dias em Mato Grosso

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) defendeu, na terça-feira (23), a adoção de lockdown de 14 dias em Mato Grosso e em outros estados brasileiros que estão com o sistema de saúde colapsado devido à pandemia da Covid-19.

Fundada há mais de 120 anos, a Fundação é vinculada ao Ministério da Saúde e, por meio de boletim extraordinário, detalhou a situação epidemiológica dos estados com direcionamentos específicos sobre quais medidas devem ser adotadas.

Segundo o balanço emitido na terça-feira, o lockdown com restrições das atividades não essenciais deve ser adotado por pelo menos 14 dias com a finalidade de barrar a pressão incidente sobre o sistema de saúde.

“Para que essas medidas de bloqueio possam ser bem sucedidas, elas devem ser adotadas conjuntamente, demandando cerca de 14 dias para que produzam resultados na redução das taxas de transmissão em aproximadamente de 40%, exigindo o monitoramento diário para acompanhar seus impactos na redução de casos, taxas de ocupação de leitos hospitalares e óbitos”, narra trecho do documento.

Conforme noticiado pela reportagem, Mato Grosso conta como menor índice de isolamento social do país além de ser um dos estados com maior taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva.

Dados da Secretaria de Estado de Saúde apontam que Mato Grosso ultrapassou a marca dos 7 mil mortos e notificou, até terça-feira, mais de 292,8 mil contágios. Nesta semana, o estado bateu recorde de mortes diárias com 125 óbitos em 24 horas e, mais de uma vez, registrou número superior a 3 mil contágios em um único dia.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se