terça-feira, 23 de abril de 2024
InícioCidadesOperação prende advogado, amigos e familiares de W.T., apontado como tesoureiro de...
APITO FINAL

Operação prende advogado, amigos e familiares de W.T., apontado como tesoureiro de facção

Paulo Witer Farias Paelo foi preso na última sexta-feira (29), em Maceió (AL), quando participavam de um jogo de futebol.

A Polícia Civil de Mato Grosso deflagrou na manhã desta terça-feira (02) a Operação Apito Final contra um esquema de lavagem de dinheiro criado pelo suposto tesoureiro do Comando Vermelho em Cuiabá, Paulo Witer Farias Paelo, conhecido como W.T.

Ele foi preso na última sexta-feira (29), em Maceió (AL), quando participava de um jogo de futebol.

A operação de hoje tem como alvos supostos “laranjas” do criminoso, entre eles, amigos, familiares e um advogado que chegou a ir até Alagoas para dar assistência jurídica para ele.

No total, a operação cumpre 25 mandados de prisão e 29 de buscas e apreensão, além da indisponibilidade de 33 imóveis, sequestro de 45 veículos e bloqueio de 25 contas bancárias.

Os mandados  foram deferidos pelo Núcleo de Inquéritos Policiais de Cuiabá e são cumpridos na Capital, Chapada dos Guimarães, São José dos Quatro Marcos e Maceió (AL).

De acordo com a investigação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO),   W.T. é responsável pelo tráfico de drogas na região do Jardim Florianópolis, e depois que deixou a prisão, se tornou tesoureiro da facção criminosa.

Liderando o grupo, ele adquiriu inúmeros imóveis e veículos em nome dos laranjas, entre eles terrenos, casas e apartamentos, muitos em condomínios de classe média na capital.

Também foram descobertas as aquisições de veículos com a utilização de garagens na compra e venda.

Conforme a GCCO, o esquema de lavagem de dinheiro chegou a movimentar R$ 65.933.338,00 milhões.

 

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se