domingo, 3 de março de 2024
InícioCidadesEmpresária é presa acusada de ser a mandante da morte de advogado...
CRIME NO BOSQUE DA SAÚDE

Empresária é presa acusada de ser a mandante da morte de advogado em Cuiabá

Maria Angélica Caixeta Gontijo foi presa em Patos de Minas, em Minas Gerais

A empresária mineira Maria Angélica Caixeta Gontijo foi presa nesta quarta-feira (21) acusada de ser a mandante do assassinato do advogado Roberto Zampieri. O crime ocorreu em 5 de dezembro, no Bairro Bosque da Saúde,  em Cuiabá.

A prisão ocorreu na cidade de Patos de Minas, em Minas Gerais.

O homem suspeito de ser executor do crime, identificado como Antônio Gomes da Silva, também foi preso ontem em Santa Luzia, em Minas Gerais.

No momento da prisão, a empresária estava com uma pistola 9mm, do mesmo calibre que o utilizado no homicídio do advogado.

Tanto a prisão dela quanto a do executor foram decretadas pelo juiz João Bosco Soares da Silva, do Núcleo de Inquéritos Policiais da Comarca de Cuiabá, com base nas investigações conduzidas pela equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

 O site MidiaNews publicou uma reportagem apontando que a empresária presa suspeita de ser a mandante do crime está envolvida em um processo de disputa de terras em Ribeirão Cascalheiras.

O advogado assassinado representava a parte contrária a Maria Angélica Gontijo.

O crime

O crime ocorreu quando o advogado deixava seu escritório Zampieri & Campos, do qual era sócio.

Uma câmera de segurança registrou o momento da execução.

O advogado entrou em seu veículo, um Fiat Toro, e foi assassinado pelo homem que passava a pé pela calçada.

Ele atirou várias vezes contra a vítima e depois fugiu.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se