sexta-feira, 19 de abril de 2024
InícioDestaque PrincipalDeputada critica estratégia de bolsonaristas em pedir votos dentro de igrejas
ASSÉDIO RELIGIOSO

Deputada critica estratégia de bolsonaristas em pedir votos dentro de igrejas

THAIZA ASSUNÇÃO – DA REDAÇÃO 

A deputada federal Rosa Neide (PT) fez duras críticas ao assédio religioso que fiéis vem sofrendo de bolsonaristas em Mato Grosso.

Ontem, o governador Mauro Mendes (União) realizou uma nova reunião suprapartidária em prol do presidente Jair Bolsonaro (PL) e definiu como uma das metas, explorar a influência de líderes religiosos junto ao eleitorado, visando à reeleição do presidente.

A frente da campanha do ex-presidente Lula (PT) em Mato Grosso, a parlamentar enfatizou que o Brasil é um estado laico e política e religião não se misturam. Rosa Neide foi a deputada federal mais votada no Estado, mas não conseguiu se reeleger por conta do quociente eleitoral.

“Antes você ia às praças, às feiras, às ruas [pedir votos] agora estão indo às igrejas. Misturou religião com política. O Brasil é um estado laico. Está muito difícil esse modelo”, disse a deputada em entrevista à Rádio CBN Cuiabá nesta terça-feira (18).

“Religião é religião. Política é política e não se deve misturar. E quando tem essa mistura é muito prejudicial ao povo”, acrescentou Rosa Neide.

A parlamentar disse que a estratégia do PT em Mato Grosso para angariar votos para Lula é bem diferente.

“Nós estamos estruturando a campanha com visitas, mais anonimamente, mais silenciosamente, não expondo as pessoas, até para evitar esse cenário de brigas que está tento”, disse.

VEJA A ENTREVISTA COMPLETA AQUI

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se