segunda-feira, 4 de dezembro de 2023
InícioPolíticaPF bloqueia R$ 400 mil de acusados de fraudes no auxílio emergencial

PF bloqueia R$ 400 mil de acusados de fraudes no auxílio emergencial

Na cidade de Várzea Grande está sendo cumprido um mandado de busca e apreensão

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (17), a Operação Sexta Parcela, em continuidade ao combate às fraudes em benefícios emergenciais concedidos no período da pandemia.

Na cidade de Várzea Grande está sendo cumprido um mandado de busca e apreensão e sequestro de valores, visando ressarcir ao erário da quantia fraudada.

No total, são 35 mandados de busca e apreensão, dois de prisão temporária, um de prisão preventiva e 12 mandados de sequestro de bens, totalizando aproximadamente R$ 410 mil bloqueados por determinação judicial.

Além de Mato Grosso, as ações ocorrem nos Estados da Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Roraima e São Paulo, com a participação de aproximadamente 140 policiais federais.

Os trabalhos são resultantes de uma ação denominada Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.

Os objetivos da atuação conjunta são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas, com a responsabilização de seus integrantes, além de recuperar os valores para o erário.

A Polícia Federal já realizou a deflagração de 98 operações policiais visando ao combate às fraudes aos benefícios emergenciais, com a expedição de mais de 380 mandados de busca e de 50 mandados de prisão.

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se