terça-feira, 16 de abril de 2024
InícioPolíticaPaccola prevê operações contra gestão Emanuel e visualiza crescimento da oposição

Paccola prevê operações contra gestão Emanuel e visualiza crescimento da oposição

Para ele, apesar de renovação na Casa, algumas práticas ainda ocorrem nessa gestão

O vereador por Cuiabá, tenente-coronel Paccola (Cidadania), disse que ao longo deste ano, grandes operações devem ser deflagradas para apurar supostas irregularidades em contratos e ações da gestão Emanuel Pinheiro (MDB).

Na visão dele, isso resultará, inclusive, no crescimento da oposição ao emedebista na Câmara de Vereadores.

“Acredito que vão estourar muitas operações, investigações. Vai chegar a um determinado momento que a própria população vai começar a cobrar [os vereadores da base]: Você continua apoiando?”, questionou ele.

“Vejo que esse ano e o próximo ano serão difíceis pra gestão e aí, será difícil também manter essas pessoas na base, defendendo algumas condutas. Porque é obvio que o vereador está preocupado com o voto. Tenho certeza que a figura da oposição tende a aumentar com o transcorrer dos trabalhos”, emendou.

As declarações foram dadas em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá. Na ocasião, o vereador preferiu não comentar sobre a postura de alguns de seus colegas.

Mas, segundo ele, apesar de uma renovação na Casa, algumas práticas que existiam na legislatura passada ainda ocorrem nessa gestão.

“Mudamos algumas pessoas. Realmente acredito que oxigenou um pouco a Câmara, existe clima diferente. Não convivi com a legislatura passada, mas o que ouço de alguns vereadores é que o clima é um pouco diferente”, disse.

“Agora, minha percepção – posso estar sendo até injusto – mas percebo que houve a troca de pessoas, mas não a troca de condutas. Temos basicamente os mesmos cinco vereadores fazendo oposição – trocou nomes. O tempo dirá [se haverá mudança de postura ou não]”, concluiu.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se