terça-feira, 28 de maio de 2024
InícioNotíciasJúlio cita “safadeza” em obra do VLT e teme que nenhum modal...

Júlio cita “safadeza” em obra do VLT e teme que nenhum modal seja concluído

O ex-governador Júlio Campos (DEM) disse temer que Cuiabá e Várzea Grande não ganhe nenhum modal.

Esse temor se deve ao fato dos gestores terem convertido a discussão do modal em disputas jurídicas.

Para ele, as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) estavam envoltas em “corrupção” e “safadeza”.

Porém, o prosseguimento da obra seria a melhor opção, defendeu Júlio no Jornal da CBN Cuiabá, na segunda-feira (12).

Na entrevista, o ex-gestor disse que, caso o governador Mauro Mendes (DEM) tivesse aderido ao VLT, a obra estaria finalizada.

“Como cidadão, sempre defendi as obras de conclusão do VLT. Foi um erro do passado? Pode ter sido. Houve corrupção? Houve. Teve safadeza? Sim, mas seria muito mais rápido e mais fácil a conclusão da obra”, disse.

Segundo Júlio, a discussão pode “dar o que o senador Jayme Campos já disse assim como outros deputados. Vai acabar não saindo nenhum outro sistema”.

Por fim, o ex-governador citou a proposta do Estado de implantar o Veículo Leve sobre Pneus (VLP) e disse que seria uma boa escolha.

Além disso, disse que: “Várzea Grande estaria até mais satisfeita, porque ele tem condições de subir a Avenida da Feb, entrar na Couto Magalhães, retornava na Filinto Müller e seguiria para Cuiabá”.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se