sábado, 13 de abril de 2024
InícioNotícias“Não é segunda onda, vivemos nova pandemia”, afirma médica infectologista

“Não é segunda onda, vivemos nova pandemia”, afirma médica infectologista

A médica infectologista Talita Arruda afirmou que o cenário atual aponta para uma nova pandemia da Covid-19, uma vez que diversas mudanças no quadro geral da evolução clínica dos pacientes descaracterizam uma segunda onda do vírus.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá, nesta segunda-feira (29), a médica disse que o momento é preocupante, sobretudo pela falta de insumos básicos. Além disso, para a infectologista, o avanço das variantes do coronavírus acendem um alerta vermelho em relação à pandemia.

“O cenário é muito preocupante, faltam vagas e sedativos. Nesse cenário, o que nos preocupa é que estamos diante de uma nova pandemia. Não estamos em uma segunda onda, começamos do zero uma nova pandemia”, afirmou Talita Arruda.

“É evidente a evolução clínica dos pacientes agora. Eles parecem ter uma complicação mais tarde, não respondendo às medicações na fase inflamatória, piorando dentro de 24 a 48 horas”, acrescentou a médica.

À reportagem, a infectologista apontou ainda que as variantes do vírus são até 200% mais contagiosas. Esse novo fator, para a médica, requer cuidados redobrados pelo fato de que as pessoas infectadas com a nova cepa espalham uma maior carga viral.

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde apontam que Mato Grosso registrou mais de 302,2 mil contágios pela doença, dos quais em cerca de 7,3 mil casos as pessoas infectadas faleceram devido a complicações.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se