sexta-feira, 21 de janeiro de 2022
Início Política Presidente da OAB reitera defesa das prerrogativas e admite pontos não abordados...
RECÉM-ELEITA EM MT

Presidente da OAB reitera defesa das prerrogativas e admite pontos não abordados na última gestão

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá desta segunda-feira (29), a advogada fez um balanço da campanha, na qual foi eleita com 6.462 votos (52,2%)

Recém-eleita presidente da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Mato Grosso, a advogada Gisela Cardoso, reiterou sua bandeira de campanha em torno da defesa das prerrogativas da classe e admitiu que alguns pontos não foram trabalhados na última gestão.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá desta segunda-feira (29), a advogada fez um balanço da campanha, na qual foi eleita com 6.462 votos (52,2%). Apesar da vitória “apertada”, Gisela entendeu o resultado das urnas como sendo o “reconhecimento do trabalho prestado” na gestão anterior.

Vinculada à situação, que atualmente é comandada pelo presidente Leonardo Campos, Gisela afirmou que ainda há demandas para serem avançadas dentro da Ordem em Mato Grosso, sobretudo quanto à criação da procuradoria que auxiliará na defesa das prerrogativas da classe.

“Precisamos avançar. A gente reconhece que não fizemos tudo, até porque seria impossível. Não que fizemos tudo, faremos ainda o que precisa avançar. Uma das nossas propostas é criar a procuradoria especializada para auxiliar o tribunal de defesas das prerrogativas”, disse.

Segunda mulher eleita para comandar a OAB no estado em 88 anos, a advogada frisou que sua eleição representou a vitória sobre o preconceito.

“Representa o reconhecimento do trabalho prestado. O reconhecimento de um grupo que tem a advocacia como o primeiro destinatário do trabalho. Enquanto advogada, enquanto mulher, representa a vitória contra o preconceito, contra a misoginia, contra a discriminação”, acrescentou.

Ao jornal, Gisela comentou ainda sobre a vitória da oposição nas subsecções de Cuiabá e de Várzea Grande. A advogada atribuiu as derrotas nestas localidades ao fato de que o grupo oponente focou suas estratégias de campanha nestas duas cidades.

“A chapa focou toda sua campanha em Cuiabá e Várzea Grande. Não saíram para o interior, diferente de nós. Nós saímos para o interior. Procurei dividir e ouvir toda a advocacia. Entendemos que é necessário, não podemos nos limitar à Capital”, frisou.

Veja a entrevista completa AQUI.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se