terça-feira, 16 de julho de 2024
InícioCidadesMinistério da Saúde libera vacina da dengue para MT e mais 5...
VEJA PÚBLICO-ALVO

Ministério da Saúde libera vacina da dengue para MT e mais 5 estados

Também foram contemplados: Alagoas, Ceará, Piauí, Rio Grande do Sul e Sergipe

O Ministério da Saúde anunciou, nesta quinta-feira (25), a ampliação da vacinação contra a dengue para mais 625 municípios em 6 estados brasileiros, incluindo Mato Grosso.

Também foram contemplados: Alagoas, Ceará, Piauí, Rio Grande do Sul e Sergipe.

As novas regiões receberão a quarta remessa de 986,5 mil doses que também será destinada para os municípios beneficiados nas etapas anteriores.

“Com essas novas remessas que estão sendo distribuídas, vamos chegar a 1,3 mil municípios atendidos em todo o Brasil. Importante destacar que estamos seguindo a lista de regiões previamente pactuada com os gestores de saúde dos estados e dos municípios”, explicou a secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente, Ethel Maciel, em entrevista a jornalistas.

A distribuição das doses nos municípios foi determinada com base em três critérios principais:

  • Ranqueamento das regiões de saúde e municípios;
  • Quantitativo necessário de doses conforme a disponibilidade (prevista pelo fabricante);
  • Cálculo do total de doses a serem entregues em uma única remessa ao município.

As doses destinadas para aplicação da segunda dose (D2) serão enviadas posteriormente considerando o intervalo recomendado de 3 meses para completar o esquema da vacinação.

O Ministério da Saúde reforça que é fundamental que estados e municípios acompanhem as notas técnicas que serão elaboradas a cada envio.

Quem pode ser vacinado

As crianças de 10 a 14 anos são o público-alvo da campanha de vacinação contra a dengue em 2024. O grupo concentra o maior número de hospitalizações, depois de pessoas idosas, e deve receber duas doses pelo SUS (Sistema Único de Saúde) – o intervalo entre elas é de 3 meses.

O Ministério da Saúde havia priorizado crianças de 10 a 11 anos, mas ampliou a faixa etária diante da baixa procura.

Os idosos e crianças menores de 10 anos ainda não entraram no grupo prioritário de SUS. Porém, esse público pode tomar a vacina —testada e aprovada para pessoas de 4 a 60 anos— na rede particular.

Porém, no último dia 17, o Ministério da Saúde recomendou a ampliação do público-alvo no caso das doses que vencem no próximo dia 30. Foi definido que os municípios que ainda tiverem com um alto número de doses a vencer poderão ampliar a vacinação para a faixa etária de 6 a 16 anos.

Caso os municípios permaneçam com baixa adesão, as doses próximas ao vencimento ainda poderão ser ampliadas ao público que vai dos 4 aos 59 anos.

Combate ao mosquito

Até o momento, o Brasil registra 3,8 milhões de casos prováveis de dengue, sendo 40,4 mil graves e de sinal de alarme. Os óbitos totalizam 1,7 mil.

Para evitar a dengue, a eliminação dos focos do mosquito segue como medida mais eficaz. As larvas do transmissor se desenvolvem em água parada. Dessa forma, é preciso empenho da sociedade para eliminar os criadouros com medidas simples e que podem ser implementadas na rotina, como tampar caixas d’água e outros reservatórios, higienizar potes de água de animais de estimação, tampar ralos e pias, entre outras.

Apoio aos estados e municípios

Além da assistência financeira ao Distrito Federal, o Ministério da Saúde já liberou R$ 140 milhões, por meio de portarias, para apoio aos seguintes estados: Acre, Amapá, Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Santa Catarina, São Paulo, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro; e mais 491 municípios. Os recursos são parte do R$ 1,5 bilhão reservado para este fim.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se