sábado, 20 de julho de 2024
InícioCidadesTJ nega tese de legítima defesa e mantém decisão que pronunciou investigador...
MORTE DE PM

TJ nega tese de legítima defesa e mantém decisão que pronunciou investigador a júri popular

O crime aconteceu no dia 27 de abril dentro de uma conveniência de um posto em frente à Praça 8 de Abril, em Cuiabá

THAIZA ASSUNÇÃO – DA REDAÇÃO 

A Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso manteve o policial civil Mário Wilson Vieira da Silva Gonçalves pronunciado a júri popular pelo assassinato do policial militar Thiago de Souza Ruiz.

A decisão foi publicada nesta segunda-feira (1). Os desembargadores seguiram por unanimidade o voto do relator, Rui Ramos.

O crime ocorreu no dia 27 de abril do ano passado dentro da conveniência de um posto de combustível em frente à Praça 8 de Abril, em Cuiabá. Mário Wilson aguarda a data do julgamento, que ainda não foi marcada, em liberdade. Ele foi solto em setembro de 2023.

A defesa do policial civil buscava a absolvição sumária dele alegando legítima defesa.

No voto, o relator afirmou que no momento em que o processo se encontra não há como realizar exame de provas inequívocas, uma vez que as colhidas até então dizem respeito apenas aos indícios de autoria e materialidade, cabendo ao tribunal do júri a análise aprofundada das questões de mérito e demais provas.

Morte de PM

As imagens do circuito interno de segurança da conveniência divulgadas na época mostraram a vítima e o autor do crime conversando em uma mesa, na companhia de mais um homem.

Em dado momento, Thiago levanta a camiseta, aparentemente, para mostrar uma cicatriz em seu corpo.

Neste momento, o policial civil pega a arma que estava na cintura do PM.

Um diálogo é iniciado entre ambos e, logo em seguida, a vítima tenta pegar sua arma de volta.

Eles iniciam uma briga e acabam caindo ao chão. Em seguida, Mário passa a efetuar alguns disparos.

A vítima foi atingida, chegou a ser levada a uma unidade de saúde, nas não resistiu.

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se