segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024
InícioCidadesJustiça de MT mantém prisão de empresário e pede transferência para Alagoas
ALVO DE MEGAOPERAÇÃO

Justiça de MT mantém prisão de empresário e pede transferência para Alagoas

Marlon Pezzin, de 31 anos, é suspeito de integrar um esquema criminoso de tráfico de drogas em larga escala e lavagem de capitais

THAIZA ASSUNÇÃO – DA REDAÇÃO 

O juiz Jean Garcia de Freitas Bezerra, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, manteve a prisão do empresário José Clovis Pezzim de Almeida, conhecido como Marlon Pezzin, de 31 anos, suspeito de integrar um esquema criminoso de tráfico de drogas em larga escala e lavagem de capitais.

A decisão foi dada durante audiência de custódia realizada na tarde desta quinta-feira (1), no Fórum de Cuiabá.

O magistrado ainda pediu a transferência do empresário para o Estado do Alagoas, responsável pela investigação da Operação Hades, da qual ele foi alvo.

A defesa chegou a requerer a substituição da prisão por medidas cautelares, mas conforme o juiz o pedido deve ser realizado nos autos originais.

Operação Hades

Além de Marlon, outras duas pessoas de Mato Grosso também foram alvos de mandado de prisão na operação.

Os policiais ainda cumpriram no Estado 10 mandados de busca e apreensão  nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Vila Bela da Santíssima Trindade e Chapada dos Guimarães.

Ao todo, a operação cumpriu 307 ordens judiciais em 17 estados. Foram 79 mandados de prisão e 228 de busca e apreensão.

Segundo a Polícia Civil do Alagoas, o trabalho investigativo começou em março de 2021 pela Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Dracco), para apurar a movimentação criminosa de quatro pessoas, sendo dois casais, em atividades ilícitas.

A Polícia identificou que os casais lideravam duas organizações de forma independente: uma em Alagoas e outra no Pará.

Havia, no entanto, pontos em comum, como membros das mesmas facções criminosas e um esquema sofisticado de lavagem dinheiro.

Eles recebiam as drogas do Mato Grosso do Sul, estado que faz fronteira com Paraguai e Bolívia, que são grandes produtores de drogas.

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se