segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024
InícioCidadesCoronel do Exército é preso acusado de ter financiado morte de advogado...
CRIME NO BOSQUE DA SAÚDE

Coronel do Exército é preso acusado de ter financiado morte de advogado em Cuiabá

Ele é o quarto suspeito preso por envolvimento na morte de Roberto Zampieri

THAIZA ASSUNÇÃO – DA REDAÇÃO

O coronel do Exército Etevaldo Luiz Cacadini de Vargas foi preso na manhã desta segunda-feira (15), em Belo Horizonte (MG), acusado de envolvimento no assassinato do advogado Roberto Zampieri, em Cuiabá.

O crime ocorreu no dia 5 de dezembro, no Bairro Bosque da Saúde.

A prisão temporária foi cumprida pela Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cuiabá com a apoio da DHPP de Belo Horizonte. O coronel também foi alvo de um mandado de busca e apreensão.

De acordo com o delegado Nilson Farias, ele é suspeito de ter financiado o homicídio.

Etevaldo é o quarto acusado preso por envolvimento na morte de Zampieri.

Antes dele, a Polícia prendeu a empresária mineira Maria Angélica Caixeta Gontijo, que teria encomendado o assassinato; Antônio Gomes da Silva, suspeito de ser executor do assassinato; e Hedilerson Martins Barbosa, que teria intermediado o crime. 

O crime

O crime ocorreu quando o advogado deixava seu escritório Zampieri & Campos, do qual era sócio.

Uma câmera de segurança registrou o momento da execução.

O advogado entrou em seu veículo, um Fiat Toro, e foi assassinado pelo homem que passava a pé pela calçada.

Ele atirou várias vezes contra a vítima e depois fugiu.

 

 

 

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se