sexta-feira, 19 de abril de 2024
InícioDestaque Principal“Brigar por permanência é muito pouco; vaga na Libertadores não seria surpresa”
VOOS MAIORES

“Brigar por permanência é muito pouco; vaga na Libertadores não seria surpresa”

Raniele afirmou que brigar pela permanência na Série A é muito pouco

THAIZA ASSUNÇÃO E CAMILA RIBEIRO – DA REDAÇÃO 

Com 16 pontos na tabela e ocupando a 14ª posição no Brasileirão, o Cuiabá projeta alcançar uma vaga para competições internacionais no próximo ano. Pelo menos é o que acredita o volante Raniele, que destaca o bom momento do clube.

Em entrevista à Rádio CBN Cuiabá, ele afirmou que brigar pela permanência na Série A é muito pouco para o clube mato-grossense.

“Pelo desenrolar do campeonato, pelo desempenho da equipe, o que a gente vem fazendo nos jogos, a gente sabe que a briga por uma permanência é muito pouco. A gente tem ciência do que pode chegar a uma Sul-Americana, uma pré-Libertadores, até uma Libertadores, algo desse patamar não é nada que seria surpresa”, disse.

O volante disse que a chegada em novas competições é tratada todos os dias nos bastidores do clube e uma das principais metas da equipe.

“O Brasileirão é um campeonato longo, então quanto mais a gente pontuar e quanto mais a gente puder se distanciar da zona de rebaixamento, consequentemente vamos estar brigando por coisas mais para cima. Isso é algo que a gente busca, que a gente fala todo os dias que é uma das nossas metas”, afirmou.

Ainda durante a entrevista, ele falou sobre curiosidades do Dourado, disse que é o elenco mais unido com o qual ele já trabalho, destacou a liderança do técnico António Oliveira e comentou sobre suas metas pessoais para o restante da temporada.

VEJA A ENTREVISTA COMPLEPTA AQUI.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se