sábado, 13 de julho de 2024
InícioCidadesPastor suspeito de estupro contra adolescente pede perdão durante culto
MÃE TAMBÉM FOI VÍTIMA

Pastor suspeito de estupro contra adolescente pede perdão durante culto

Ouvida em escuta especializada, a vítima relatou que foi abusada em duas ocasiões

Um pastor de 47 anos foi preso na cidade de Água Boa, região leste do estado, por crimes sexuais cometidos contra uma adolescente e a mãe dela.

Ele foi encontrado em uma residência localizada nos fundos da igreja onde atuava.

O mandado de prisão foi decretado pelo juízo da Comarca de Cocalinho, com parecer favorável do Ministério Público.

Um inquérito foi instaurado pela polícia, após a adolescente de 14 anos comunicar os abusos sexuais.

Ouvida em escuta especializada, com acompanhamento psicossocial, a vítima relatou que foi abusada sexualmente pelo pastor em duas ocasiões, a última delas no dia 25 de dezembro, quando estava na residência dele.

O primeiro estupro ocorreu em outubro, na cidade de Cocalinho.

Conforme a investigação, a mãe e a adolescente passaram a morar em uma residência da igreja, fornecida pelo pastor e onde ele ficava aos finais de semana.

A adolescente relatou que no mês de outubro deste ano, durante uma das noites em que o suspeito dormia na residência, ele foi estuprada pelo religioso.

Ainda segundo ela, depois ele teria pedido ‘perdão’ a ela durante um culto, se dizendo arrependido pelo que havia feito. Não há detalhes de como essa situação ocorreu.

Em dezembro, ele voltou a assediar sexualmente a vítima, constrangendo-a a praticar com ele atos libidinosos.

A mãe da menor declarou durante depoimento que também foi vítima das investidas sexuais do pastor, que chegou a tocá-la e depois fez ligações com propostas sexuais.

“Com base nas declarações das vítimas ficou evidente a periculosidade do investigado que, valendo-se de sua posição hierárquica religiosa, e sobretudo, da vulnerabilidade da vítima, que além de menor, dependia da residência para moradia”, pontuou o delegado Matheus Augusto Soares.

O delegado representou à Justiça no último dia 29, pela prisão preventiva do pastor, que foi preso na sexta-feira.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se