sábado, 20 de julho de 2024
InícioCidades"A criminalidade em Mato Grosso não prospera", diz Bustamante

“A criminalidade em Mato Grosso não prospera”, diz Bustamante

Secretário de Segurança apresentou dados de redução de criminalidade

Para o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, a atuação das forças de segurança do Estado são vistas como exemplo no combate aos crimes e os profissionais estão preparados para agir de acordo com as mais diversas situações.

“Nosso trabalho é evitar crimes, respondendo à altura para inibir a criminalidade. Neste primeiro semestre, os homicídios no Estado caíram 10%, furtos e roubos, 30%. Temos 53 cidades sem nenhum assassinato neste período”, destacou o secretário.

Segundo ele, as ações efetivas são resultado de investimentos no tripé da segurança pública – homem, equipamento e estrutura – qualificando profissionais, melhorando o ambiente de trabalho, fornecendo armamentos e equipamentos de qualidade, adquirindo novas aeronaves e reduzindo o déficit penitenciário.

Confira os principais trechos:

As forças de segurança têm agido na captura dos envolvidos no assalto, na modalidade novo cangaço, às cooperativas de crédito em Nova Bandeirantes. Até quando as Polícias Civil e Militar continuarão nesta busca?

Alexandre Bustamante – O tempo necessário para finalizar as investigações, as operações de busca e, se possível, o resgate de tudo foi furtado e roubado na cidade. A Secretaria de Segurança Pública tem como meta evitar este tipo de crime em Mato Grosso e, quando acontecer, dar uma resposta à altura.

O senhor acredita que esta atuação é vista como exemplo de que em Mato Grosso a criminalidade é combatida?

Alexandre Bustamante – Sim. Tanto esta, quanto outras, como redução de homicídios, roubos e furtos. Conseguimos reduzir os índices de criminalidade, dando uma resposta clara: a criminalidade aqui no Estado não prospera. Ao contrário. Os profissionais da área de segurança mato-grossense estão à altura de suas responsabilidades no combate aos crimes cometidos em nosso território.

A Segurança Pública tem recebido grandes investimentos para melhorar a atuação de seus agentes, nas diversas frentes, em todo o Estado. A população já está sentindo o reflexo destes investimentos?

Alexandre Bustamante – A sensação de segurança, conforme nos apontam as pesquisas, tem aumentado. Os indicadores de segurança pública, principalmente referentes aos crimes violentos contra a vida – furtos, roubos e homicídios -, estão em queda.

Atualmente, esta queda é, em média, de quase 10% nos crimes de homicídios, 30% em roubos e 30% em furtos. Este resultado, constatado neste primeiro semestre, é muito importante para nós.

A sensação é demonstrada de forma mais cabal, com o exemplo de 53 cidades mato-grossenses sem nenhum registro de homicídios desde o dia 1º de janeiro. É um sinal de que estamos no caminho certo.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se