segunda-feira, 22 de abril de 2024
InícioNotíciasCom chegada de mais doses, Emanuel pode ampliar polos de vacinação

Com chegada de mais doses, Emanuel pode ampliar polos de vacinação

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) avalia a possibilidade de ampliar os polos de vacinação contra a Covid-19 na Capital. A medida, no entanto, está condicionada a chegada de novas doses de imunizantes.

Atualmente, a vacinação ocorre somente no Centro de Eventos do Pantanal.

A descentralização vem sendo cobrada, por exemplo, por vereadores da Capital. A abertura de novos locais seria, inclusive, uma forma de evitar aglomeração de pessoas.

Especialmente, porque neste momento estão sendo vacinados idosos que têm maior risco de contrair a doença.

“Aumentando o número de vacinas, podemos ampliar os pontos de vacinação por região, mas sempre prezando pela não aglomeração, conforto e respeito a população e aos idosos”, disse o prefeito de Cuiabá.

Emanuel afirmou que a vacinação vem ocorrendo há pouco mais de 60 dias na Capital “com todo equilíbrio, responsabilidade, seriedade, sendo referência para o estado e para o país, seguindo todas as diretrizes do Ministério da Saúde”.

O prefeito ainda classifica como um fato isolado, o episódio ocorrido nesta semana, que resultou em longas filas e aglomerações no local de vacinação. Conforme já noticiado pela CBN Cuiabá, uma fake news contendo um calendário de vacinação circulou nas redes sociais e gerou a situação.

Centralização

Ainda conforme o prefeito, a vacinação em Cuiabá foi centralizada no Centro de Eventos do Pantanal para garantir segurança e acessibilidade. Com espaço amplo, o local permite a circulação das pessoas agendadas cumprindo as medidas de biossegurança necessárias.

A estrutura de estacionamento e acesso facilitado com rampas para melhor locomoção de idosos também foi critério avaliado para definição do local como ponto de vacinação.

Segundo ele, a não utilização das unidades básicas de saúde como polos de vacinação foi uma decisão tomada para garantir que o atendimento nesses locais não fosse afetado e que fosse possível uma separação entre aptos a tomar a vacina e possíveis infectados ou debilitados por alguma outra enfermidade.

Vacinação

Cuiabá atingiu nesta semana o marco de 50.606 doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas desde o começo da campanha “Vacina Cuiabá, em 20 de janeiro.

Deste total, foram usadas 33.981 como 1ª dose e 16.635 como 2ª dose, que serviu para imunizar os trabalhadores da saúde da rede pública e privada, além dos idosos de 80 anos e mais, bem como aqueles que estão acamados e moram em zonas rurais.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se