segunda-feira, 22 de abril de 2024
InícioNotíciasSecretária anuncia projeto para tirar crianças imigrantes de semáforos em VG

Secretária anuncia projeto para tirar crianças imigrantes de semáforos em VG

A secretária de Assistência Social de Várzea Grande, Eliamara Zeferini, disse que o Executivo municipal está elaborando um projeto para erradicar a presença de crianças imigrantes nos semáforos do município. A ação, segundo a gestora, atingirá “graus extremos” para que a situação seja revertida.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (25), Eliamara disse que algumas famílias de imigrantes já teriam extrapolado o apelo pela sensibilidade da população de Várzea Grande se utilizando, inclusive, do empréstimo de crianças com a finalidade de pedir dinheiro nos sinaleiros da cidade.

A presença de imigrantes em Mato Grosso, sobretudo na Baixada Cuiabana, se tornou mais frequente nos anos finais da última década por conta de intensos fluxos migratórios sobretudo de países como a Venezuela e o Haiti.

Ao portal, a gestora sinalizou que uma cartilha será distribuída para as famílias a partir do dia 20 do próximo mês com orientações a respeito da conduta nos semáforos. Eliamara frisou que as crianças imigrantes em solo brasileiro têm seus direitos assegurados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

“Um dos nossos projetos que já está em andamento é para tirar as crianças estrangeiras dos semáforos. Já tivemos um grande passo com a orientação educacional nos semáforos, porque tem muitas famílias que já passaram da sensibilidade e já estão usando as crianças como forma de arrecadar dinheiro nos semáforos”, disse a secretária.

“Então, nós entramos aí com a parte legal dessa orientação legal com cartilhas educativas que vão começar a ser distribuídas a partir do dia 20 orientando essas famílias que não se pode permanecer nos semáforos com crianças. Porque a partir do momento que adentram o nosso município eles têm os mesmos direitos e deveres dos brasileiros”, acrescentou.

Para os casos que apresentarem maiores entraves, a secretária afirmou que a pasta agirá de forma incisiva, podendo recorrer até mesmo a ordens judiciais.

Paralelamente, Eliamara apontou que outra ação adotada pela prefeitura que beneficiará imigrantes diz respeito ao projeto Emprego Solidário, que contará com reserva de 20% do número total de vagas para a população de fora do Brasil que esteja em Várzea Grande.

“Vamos abrir também com o projeto “Emprego Solidário”, que está sendo amparado pelo prefeito e o vice. Vai abrir 20% das vagas para qualificação da mão de obra para os estrangeiros, sejam eles haitianos, venezuelanos”, apontou a gestora.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se