sábado, 13 de abril de 2024
InícioDestaque PrincipalEngajamento e conscientização são destaques no encerramento de projeto do MPE em...
#JUNTOSPORELAS

Engajamento e conscientização são destaques no encerramento de projeto do MPE em parceria com CBN

A programação contemplou representantes de todas as instituições que integram a Rede de Proteção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica

Durante 16 dias, 39 convidados passaram pelo estúdio bolha localizado no Shopping Pantanal, em Cuiabá, participando da jornada de entrevistas da campanha #JuntosPorElas.

A programação contemplou representantes de todas as instituições que integram a Rede de Proteção às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica.

Nesta quarta-feira (27), no último dia da campanha, a subprocuradora-geral de Justiça Administrativa, Claire Vogel Dutra, e o coordenador do Núcleo de Promotorias de Justiça que atuam no Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Cuiabá, promotor de Justiça Tiago de Sousa Afonso da Silva, destacaram o engajamento e o alcance do projeto idealizado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso.

“Nosso objetivo é aproximar o Ministério Público cada vez mais da sociedade. O saldo é extremamente positivo. É uma sensação de dever cumprido”, frisou Claire Vogel Dutra. Além do atendimento e encaminhamentos realizados, a campanha já produz iniciativas futuras como, por exemplo, a capacitação e empregabilidade das mulheres vítimas de violência.

“É importante destacar que os debates realizados aqui já estão rendendo projetos. O Ministério Público está alinhando um termo de cooperação para concepção de projeto, juntamente com o Ministério Público do Trabalho e parceiros, para fazermos o encaminhamento dessas vítimas para vagas de emprego”, disse. Ainda segundo a promotora, as informações levadas ao público originaram denúncias por meio da unidade móvel da Ouvidoria do MPMT instalada no shopping.

Durante a apresentação do balanço das ações, outra perspectiva abordada visando a redução dos indicadores de violência é a prevenção pautada no processo de conscientização.

“Além dos encaminhamentos dessas denúncias que recebemos ao longo dos dias, temos outro ganho que é a conscientização das mulheres. É importante que elas possam se enxergar dentro do ciclo da violência e evitem que seja escalonada. Se uma mulher consegue se enxergar vítima, ela consegue se livrar dessa convivência opressora”, destacou o promotor de Justiça Tiago de Sousa Afonso da Silva.

Observatório Caliandra

Os promotores de Justiça aproveitaram a entrevista e também destacaram o lançamento do Observatório Caliandra, canal virtual do Ministério Público utilizado para prevenção, orientação e sensibilização da população sobre a violência contra as mulheres.

Para que as mulheres consigam perceber se vivem em uma relação com a presença de violência física, psicológica, moral, sexual ou patrimonial, o Observatório Caliandra elaborou o “Quiz do Respeito”. São 18 perguntas com a finalidade de identificar possível situação de violência doméstica e familiar, como também indicar a provável intensidade das violências sofridas.

O Observatório Caliandra é uma realização conjunta do Centro de Apoio Operacional sobre Estudos de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher e Gênero Feminino e da Subprocuradoria-Geral de Justiça Administrativa, com apoio do Departamento de Tecnologia da Informação do MPMT.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se