quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024
InícioCidadesJustiça mantém prisão preventiva de apresentador acusado de agredir a esposa
EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

Justiça mantém prisão preventiva de apresentador acusado de agredir a esposa

Justiça citou que Lucas Ferraz é reincidente no crime de violência psicológica

A Justiça manteve a prisão preventiva do apresentador de TV Lucas Ferraz, acusado de agredir a esposa, Katrine Gomes, de 20 anos, durante uma confraternização em Tangará da Serra, no final de semana.

A decisão foi dada durante audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (22).

Lucas foi preso na noite de quarta-feira (21) por força de um mandado de prisão preventiva, no momento em que estava próximo a TV Vale – filiada da Rede Record na cidade – onde trabalhava. Após o caso ter vindo à tona, ele foi demitido do Grupo Agora de Comunicação.

Durante a audiência de custódia, a Justiça citou que Ferraz é reincidente no crime de violência psicológica. Em fevereiro deste ano, o apresentador foi acusado de ameaçar a ex-esposa, à época grávida de quatro meses.

De acordo com o delegado Gustavo Espíndula de Souza, durante o interrogatório Ferraz optou pelo direito legal de permanecer calado.

Após o procedimento, ele foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame de corpo delito, e posteriormente foi para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Tangará da Serra.

Ele deve responder por lesão corporal e violência psicológica no âmbito da violência doméstica.

O caso

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por um médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tangará, na noite de sábado, informando que uma mulher deu entrada no local com sinais de violência física, e o agressor seria o seu marido.

A mulher apresentava diversos hematomas no rosto. Em conversa com os policiais, a vítima relatou que estava em uma confraternização com o esposo e outras pessoas quando, em determinado momento, iniciaram uma discussão motivada por ciúmes da parte de Lucas.

Ela diz que o apresentador então passou a agredi-la com socos na região do rosto e ouvido.

Dois homens, entre eles um jornalista colega de Lucas, acompanharam a vítima até a Unidade de Pronto-Atendimento e confirmaram o episódio aos militares. Um áudio chegou a ser gravado, onde a vítima narrava a situação e confirmava as agressões.

Depois disso, ela foi ouvida pela Polícia Civil e deu outra versão, alegando ter se auto agredido durante um surto.

Um laudo da Politec, no entanto, revelou que as lesões da jovem são prováveis de agressões físicas causadas por outra pessoa.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -spot_img

Siga-nos nas redes sociais

31FãsCurtida
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se