sexta-feira, 25 de junho de 2021
Início Política Secretário rebate críticas sobre superávit de MT e diz que Leitão tem...

Secretário rebate críticas sobre superávit de MT e diz que Leitão tem “visão rasa”

O gestor defendeu que o atual patamar econômico é fruto de diálogo aberto com todos os setores

O secretário de Estado de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um, rebateu as críticas feitas pelo ex-deputado federal Nilson Leitão (PSDB) que disse que Mato Grosso alcançou o atual estado superavitário das contas públicas após sacrificar o agronegócio e outros setores.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (31), o secretário afirmou que o ex-parlamentar tem uma “visão rasa” sobre o assunto. Além disso, o gestor pontuou que, para alcançar o atual patamar econômico, o Estado abriu diálogo com todos os setores.

“Acho que é uma visão rasa do ex-deputado. Acho que ele está vendo somente a árvore e não a floresta toda. Todo o trabalho de enfrentamento foi feito com todos os setores participando de alguma forma”, disse Beto Dois a Um.

“Tivemos embates com servidores, com o agro e com a indústria. Todos foram chamados a dialogar e buscar soluções em comum. Não existe a possibilidade de falar que determinado setor foi culpado”, acrescentou.

O apontamento do secretário foi feito semanas após Mato Grosso saltar da nota C para a A no balanço da Secretaria do Tesouro Nacional. A nova classificação indica uma gestão fiscal positiva por parte do Estado.

Com a mudança, Mato Grosso terá maior abertura para requisição de empréstimos com entidades econômicas mundiais.

Por fim, o secretário apontou que os enfrentamentos feitos pelo Estado para chegar ao “azul” nas contas públicas se deu até mesmo por meio de ajustes internos na máquina pública.

“Entendo que essa informação do ex-deputado, pelo qual tenho muito carinho, é uma visão muito rasa, equivocada, e o dever de casa foi feito. O governo do Estado está usando a própria carne, fizemos ajustes em secretarias e cortes de despesas. É um mérito de todos”, finalizou.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir