terça-feira, 18 de maio de 2021
Início Esporte & Cultura Secretário cita “cenário agravante” e diz que não há como projetar retorno...

Secretário cita “cenário agravante” e diz que não há como projetar retorno das aulas

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, frisou que a pandemia em Mato Grosso segue em um “cenário agravante”, o que descarta qualquer possibilidade de projetar um retorno seguro das aulas no estado, mesmo via sistema híbrido.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (29), o secretário apontou que a análise sobre retorno das aulas será feita com base no avanço da vacinação dos professores e demais profissionais da Educação.

Mesmo sem projetar uma data, o gestor apontou que abril e maio serão meses em que a pandemia deve continuar em alta no estado, antecipando, assim, que neste período o retorno deve estar descartado.

“Hoje, não tem condições nem de projetar qual o momento para retornar de forma gradativa no modelo híbrido. O cenário é agravante e cada dia que passa os números têm aumentado”, afirmou o secretário.

“Eu acredito que abril ainda é muito complicado e que maio também vai estar um cenário difícil, mas também acredito que vai aumentar significativamente a vacinação de todos”, reiterou Alan Porto.

À reportagem, o gestor apontou ainda que há expectativa em torno de um avanço na vacinação dos professores a partir de abril devido à distribuição de maior número de doses – o que deverá possibilitar uma ampliação na faixa etária dos vacinados.

“Então, acredito que boa parte dos nossos professores em abril ou maio será vacinada e aí vamos ter uma avaliação melhor para analisar e constatar se teremos um ambiente seguro para retorno gradativo”, afirmou.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir