sexta-feira, 25 de junho de 2021
Início Cidades Revoltada, população aciona agentes de trânsito para resgatarem animais presos em carro

Revoltada, população aciona agentes de trânsito para resgatarem animais presos em carro

O salvamento foi realizado por agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob)

Três animais foram resgatados de uma caminhonete estacionada em um supermercado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, na tarde de quinta-feira (3). O resgate foi acionado após a população se revoltar com a situação e realizar denúncia de maus-tratos.

O salvamento foi realizado por agentes de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob), que estavam nas proximidades do supermercado e foram acionados por populares revoltados com os animais presos no calor por mais de 40 minutos.

O carro era oficial e pertencia ao município de Brasnorte. Populares acionaram a Polícia Militar, mas quando os policiais chegaram ao supermercado, o casal que estava na caminhonete já tinha deixado o local.

“Conseguimos baixar os vidros e não danificar o veículo. Isso configura maus-tratos aos animais. O casal, sendo uma mulher que estava gestante e um homem, que nos tratou com muita grosseria. A todo momento mandavam eu e minha parceira ir trabalhar, que aquilo não era serviço nosso, ficar ali vigiando animais”, disse uma das agentes.

“Eles disseram também que ficaram por ali por ‘apenas’ 10 minutos fazendo compras. Mas, pela quantidade de produtos dentro do carrinho de compras, não foi só 10 minutos. Ainda ficamos por 40 minutos esperando e eles não apareceram.  Então, a quanto tempo esses animais estavam trancados, com calor? O cachorrinho estava com sede, defecou. Essas pessoas têm que ser punidas”, completou.

Conforme o artigo 32 da Lei 9.605/1998 – animais trancados em ambiente que os exponha a risco de vida ou à sua saúde equivale a crime de maus tratos. Qualquer cidadão pode agir, fotografando a ocorrência e a placa do carro e ligando para a polícia. Isso caracteriza flagrante de crime de maus tratos.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir