sexta-feira, 21 de janeiro de 2022
Início Cidades Mulher é condenada a 37 anos por assassinato de ex-namorado morto com...

Mulher é condenada a 37 anos por assassinato de ex-namorado morto com 11 tiros

O crime, contudo, ocorreu em janeiro de 2017, quando a mulher contratou três pessoas para matarem seu ex-namorado após não aceitar o fim do relacionamento

Linayara da Silva foi condenada a 37 anos e quatro meses de prisão pelo assassinato de seu ex-namorado, Adilson Protázio Felizarti, e Lucas Alexssander Oliveira Miranda. A condenação ocorreu durante sessão do Tribunal do Júri, na segunda-feira (21), em Rondonópolis.

O crime, contudo, ocorreu em janeiro de 2017, quando a mulher contratou três pessoas para matarem seu ex-namorado após não aceitar o fim do relacionamento. À época dos fatos, Adilson foi assassinado com 11 tiros.

Além de Linayara, Rafael Ferreira da Silva também foi denunciado pelo Ministério Público de Mato Grosso. Contudo, o caso foi desmembrado e a Justiça realizou a condenação apenas da ré.

Conforme a denúncia do MP, Adilson e Lucas Alexssander foram assassinados com disparos de arma de fogo, na rua, por volta de 19h do dia 15 de janeiro de 2017.

Segundo apurado, a denunciada e Adilson mantiveram um relacionamento amoroso, que foi rompido por ele. Linayara não aceitou o fim do namoro e, diante da negativa de Adilson em retomar a relação, decidiu matá-lo.

Ela adquiriu um chip de celular em nome de terceiro e criou um perfil falso no aplicativo de mensagens WhatsApp, fazendo-se passar por outra mulher. Linayara então passou a conversar com Adilson e marcou um encontro para o dia do crime. Após planejar o crime, a ré passou a localização do ex-namorado para Rafael e outras duas pessoas, que foram ao encontro das vítimas.

No momento da execução, Adilson pilotava uma motocicleta e na garupa estava o amigo Alan de Melo Garcia. Ao lado deles andava Lucas Alexssander. Os autores estavam em um carro, de onde efetuaram os múltiplos disparos. Alan saltou da motocicleta e conseguiu escapar ileso. Lucas foi atingindo por três tiros nas costas e Adilson foi alvejado por onze disparos.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se