terça-feira, 18 de maio de 2021
Início Economia & Negócios Mais de 10 toneladas de pescado são comercializadas em 3 dias de...

Mais de 10 toneladas de pescado são comercializadas em 3 dias de Peixe Santo

Sucesso na modalidade drive thru, o Peixe Santo comercializou 10.365 kg de peixe durante a semana santa em Cuiabá. Dentre carros e motos, 2462 veículos compareceram ao evento, que aconteceu na última quarta-feira (31), quinta-feira (01) e sexta-feira (02),

Os quatros pontos de venda em Cuiabá foram: Centro Cultural Silva Freire, Parque Tia Nair, Parque das Águas e Associação dos Criadores de Mato Grosso. O Peixe santo foi coordenado pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, com o apoio da Secretaria de Mobilidade Urbana e Polícia Militar.

“Em 2020, não foi possível nos organizarmos, mas este ano, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, montamos uma estrutura que respeitou as medidas de biossegurança e pode garantir que a cultura cuiabana fosse celebrada”, disse o secretário de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Francisco Vuolo.

O projeto ocorre há quase 30 anos e já virou tradição em Cuiabá, sendo um evento que reúne, todos os anos, milhares de participantes, com resultado significativo no comércio de peixes.

No ano de 2020, o Peixe Santo não ocorreu, em razão das normas de enfrentamento ao novo Coronavírus – Covid-19. Este ano, para manter a tradição e para evitar aglomerações, a Prefeitura irá retornar a execução do projeto, cumprindo as exigências relacionadas à biossegurança, de acordo com recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Este ano, 2462 veículos compareceram em três dias de evento, nos quatro pontos de venda da capital. O Parque das Águas foi o local que recebeu maior procura do público com a participação de 679 veículos em três dias e também foi o que mais vendeu, atingindo 3.920 kg de peixe comercializados.

A quinta-feira (01), foi o dia de maior procura, com o comparecimento de 1053 veículos, dentre carros e motos nos quatro pontos de venda. A Secretaria de Agricultura, Trabalho e desenvolvimento Econômico calcula que cerca de 7.500 pessoas tenham sido atingidas com a ação.

Todos os pontos de vendas foram estruturados com barracas, sinalização e organização estratégica da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e Polícia Militar (PM) para evitar aglomerações e trânsito por acúmulo de veículos.  Cada carro pode adquirir até 5 peixes e cada moto até duas unidades ao valor de R$ 15,90 kg, entre tambaqui, tabatinga e pacú.

O credenciamento das empresas para comercialização do peixe foi realizado por meio de edital. Peixe do Cerrado, Império Peixe Vivo e Dona Fresca foram as habilitadas para venda. Também foi realizada uma doação de 300 unidades aos idosos, feita pela Bom Futuro.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir