domingo, 25 de julho de 2021
Início Política Maestro cita “insensibilidade política” de Mauro e admite que poderá disputar ao...

Maestro cita “insensibilidade política” de Mauro e admite que poderá disputar ao governo

O maestro Fabrício Carvalho, que foi candidato a vice-prefeito da Capital na última eleição municipal, admitiu que poderá disputar ao governo de Mato Grosso no pleito de 2022. Ao Jornal da CBN Cuiabá, ele também citou uma suposta “insensibilidade política” do governador Mauro Mendes (DEM) quanto a determinados setores.

Entrevistado no Jornal desta quinta-feira (15), o maestro disse que Mendes tem feito um bom trabalho com as contas públicas de Mato Grosso, mas criticou o governador por conta de algumas medidas.

“Minha observação é que talvez falte ao governador um pouco de sensibilidade ao tratar de assuntos que são muito caros. Por exemplo, o que mais me chama a atenção é a taxação dos aposentados, agora, a questão do veto da energia solar”, disse Fabrício.

O maestro relembrou a nota A obtida por Mato Grosso na classificação do Tesouro Nacional ao apontar que as correções feitas por Mendes foram baseadas em taxações, sobretudo ao comércio, agronegócio e servidores.

Questionado sobre seus interesses políticos para o próximo ano, Fabrício revelou que está se preparando para “novos desafios” e que tem como meta estar preparado para concorrer a qualquer cargo disponível, inclusive de governador.

“Se tiver que concorrer, eu quero estar pronto para concorrer a todos os cargos. Se meu partido anunciar para governador, eu saio para governador. Se determinar para ser estadual ou federal, eu vou colocar a minha inteira disposição”, revelou.

Ele também falou a respeito dos motivos que o fizeram anunciar sua saída da presidência do PDT de Cuiabá, apontando que é um “homem de ciclos” e que não acredita em reeleição.

Fabrício apontou que o novo nome para comandar a sigla na Capital será decidido por meio do diretório estadual, mas disse acreditar que o vereador Lilo Pinheiro deverá assumir a presidência.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir