sexta-feira, 21 de janeiro de 2022
Início Esporte & Cultura Jorginho diz que escolha foi “acertadíssima” e projeta Arena Pantanal como “caldeirão”
COMANDO DO DOURADO

Jorginho diz que escolha foi “acertadíssima” e projeta Arena Pantanal como “caldeirão”

Treinador tem retrospecto de 10 jogos a frente do clube, sendo 4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas

Anunciado para comandar o Cuiabá no dia 3 de julho, o técnico Jorginho classificou como “acertadíssima” sua vinda para o Dourado. Nesse período, tem um retrospecto de 10 jogos a frente do clube, sendo quatro vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas.

Tetracampeão mundial em 1994 com a Seleção Brasileira, o profissional de 57 anos tem um vasto currículo como jogador e técnico. O último clube que ele comandou foi o Atlético-GO, nesta temporada.

Nesta semana, o treinador conversou ao telefone com a CBN Cuiabá e falou de suas primeiras experiências a frente do time da capital mato-grossense que, neste ano, faz sua estreia na série A do Campeonato Brasileiro.

“Pra mim foi uma escolha acertadíssima, vocês sabem que eu estava no Atlético Goianiense, sai de lá por uma situação com o presidente. Aqui no Cuiabá o ambiente é totalmente diferente”, disse.

“Acertei na escolha porque o clube é extremamente sério, promissor, é um clube que paga certinho, não tenho problema com jogador insatisfeito com salários, premiações. E as condições de trabalho estão melhorando a cada dia”, acrescentou.

Durante a entrevista, o treinador demonstrou muito entusiasmo com o desempenho da equipe. E disse, sobretudo, acreditar que o Cuiabá pode cumprir com sua principal missão neste ano, que é permanecer na elite do futebol brasileiro.

Além disso, já adiantou que pretende permanecer pro um bom tempo à frente do Dourado. Para tanto, citou, inclusive, o apoio e carinho que vem recebendo da torcida.

“A probabilidade que temos de permanecer na primeira divisão é grande. E, se permanecermos, é um clube que gostaria muito de ficar. Tenho recebido muito carinho do torcedor por toda parte da cidade que ando”.

“Caldeirão”

E por tratar de torcida, Jorginho também falou da expectativa de todos da equipe quanto a possível volta de torcedores ao estádio.

Na visão dele, a Arena Pantanal pode se transformar numa espécie de “caldeirão” e – mesmo parecendo clichê – os torcedores poderão ser o 12º jogador em campo.

“Gostaria muito que torcedor estivesse presente no estádio. Tenho certeza que fará uma grande diferença. Aqui vai se tornar um grande caldeirão, teremos o calor da cidade e o calor humano. O povo é acolhedor, querido, amigo. Quero muito ter essa interação”, afirmou.

“Sabemos que muita gente está vendo aos jogos na TV, mas é diferente ter essa troca de informações com o torcedor. E, o torcedor do Dourado está querendo estar no jogo. Não vê a hora de comprar a camisa, ir para o estádio, vivenciar essa série A. Porque é experiência nova para todos de Cuiabá. Então. É muito importante que isso aconteça. Vai se transformar no 12º jogador da nossa equipe”, concluiu.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se