sexta-feira, 25 de junho de 2021
Início Política “Greve não resolve problema”, dispara secretário de Educação sobre indicativo do Sintep

“Greve não resolve problema”, dispara secretário de Educação sobre indicativo do Sintep

Durante a entrevista, o gestor afirmou que se sente “entristecido” com esse tipo de discussão

O secretário de Estado de Educação de Mato Grosso, Alan Porto, criticou a discussão em torno de uma eventual paralisação dos profissionais da Educação no estado. Ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta quinta-feira (3), o gestor afirmou que “greve não resolve os problemas”.

O apontamento de Alan Porto foi feito após o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT) sinalizar a possibilidade de uma greve caso as aulas híbridas fossem retomadas sem que houvesse a aplicação das duas doses de vacinas contra a Covid-19 dos professores.

Durante a entrevista, o gestor afirmou que se sente “entristecido” com esse tipo de discussão e acrescentou ainda que “o que resolve o problema se chama trabalho”.

Para o secretário, o indicativo de uma possível adesão à greve por parte do sindicato demonstra despreocupação da classe com a Educação.

“Greve não resolve o problema do ensino e aprendizagem dos nossos alunos. O que resolve o problema se chama trabalho. Então, nós estamos trabalhando muito, nossa equipe está trabalhando muito”, afirmou Alan Porto.

“Quando eu vejo o Sintep falando de greve, eu fico até entristecido porque não está preocupado com a Educação de Mato Grosso”, acrescentou.

Educação na pandemia

Conforme divulgado pelo portal, o governo de Mato Grosso anunciou o retorno das aulas por meio do sistema híbrido para o dia 7 deste mês. Contudo, após uma alta nos números da pandemia, a Secretaria de Estado de Educação adiou a data para agosto.

O secretário informou que considerou o início da vacinação dos profissionais da Educação e a expectativa de um arrefecimento da pandemia para a mudança da data.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir