terça-feira, 26 de outubro de 2021
Início Política Gisela diz que Emanuel não rompeu com a corrupção e que reeleição...
COMANDO DA CAPITAL

Gisela diz que Emanuel não rompeu com a corrupção e que reeleição foi um erro

Membro do grupo opositor ao emedebista, a advogada afirmou nesta quinta-feira (16) que o prefeito faz uma política do “poder pelo poder”

Presidente do Pros em Cuiabá, a advogada Gisela Simona, que concorreu à prefeitura da Capital no último pleito, afirmou que a reeleição de Emanuel Pinheiro (MDB) foi um erro e que o gestor segue mantendo a corrupção dentro de sua gestão.

Membro do grupo opositor ao emedebista, a advogada afirmou nesta quinta-feira (16) que o prefeito faz uma política do “poder pelo poder”, sem dar atenção à população, que seria a maior prejudicada neste processo.

“São situações que prejudicam a população cuiabana e, como estamos vendo aí, se perduram. Infelizmente não houve uma ruptura do prefeito com alguns contratos que deveriam existir, com algumas pessoas que continuaram no secretário dele”, disse a liderança partidária.

“E tem também a questão de ser contra por ser contra. Ser contra o BRT se não tem como fazer o VLT. Ser contra o início das aulas só para ser contra o governado sendo que isso prejudica nossas crianças. São situações que hoje a gente infelizmente vê a política do poder pelo poder e não a política feita para as pessoas”, acrescentou.

Derrotada no primeiro turno, Gisela Simona ficou em terceiro lugar e, na segunda fase da disputa, apoiou o então candidato Abílio Júnior (Podemos) – que havia feito declaração tida como machista contra a advogada durante entrevista.

Ao Jornal, Simona apontou que tem interesse em disputar o cargo de deputada federal no próximo pleito eleitoral, em 2022. Questionada sobre o saldo da última eleição e seu histórico político, a advogada afirmou que se sente fortalecida.

Para a liderança, sua derrota no primeiro turno seguida da derrota do candidato Abílio não teriam desgastado sua imagem junto à população. Antes disso, na verdade, Simona acredita que a situação mostrou sua coerência política e poderá somar de forma positiva em sua eventual candidatura à Câmara Federal.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se