terça-feira, 26 de outubro de 2021
Início Política Dilmar Dal Bosco rebate críticas e diz que Lúdio faz “oposição que...

Dilmar Dal Bosco rebate críticas e diz que Lúdio faz “oposição que não constrói”

Eleito 1º vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) rebateu críticas feitas pelo parlamentar Lúdio Cabral (PT) de que a nova composição da Mesa Diretora teria perfil “ultragovernista”. Para o democrata, que é base do governo estadual na Casa de Leis, falta ao petista fazer uma oposição mais construtiva.

Ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta terça-feira (24), Dilmar frisou que há 24 deputados no Parlamento e defendeu que Lúdio poderia ter construído uma chapa de oposição que atendesse as suas expectativas. Conforme divulgado pelo portal, o novo grupo que compõe a Mesa Diretora foi eleito com 20 votos sem concorrência na disputa.

“Ele tem que ser mais corajoso talvez. Ele tem que colocar o nome dele à disputa, colocar o nome dele à disposição. Compor uma chapa e fazer uma oposição a algo que foi proposto. Construa, não só critique. Só criticar é um tipo de oposição que não constrói”, disse.

“Ao invés de só fazer a crítica ele poderia construir, somos 24 candidatos. Ele poderia encabeçar uma chapa, poderia atrair colega. Por que ele não conseguiu evidenciar uma chapa? Por que ele não colocou 5, 6, 10, 13 deputados para ganhar a Mesa. Depois que não fez nada, que não contribui em nada, vem a crítica. Crítica sem sentido nenhum que não nos atinge”, acrescentou.

O democrata também criticou o comportamento adotado por Lúdio após a manutenção do veto do governador Mauro Mendes (DEM) ao Projeto de Lei Complementar nº 36 de 2020 – que versa sobre a isenção do aumento de cobrança dos rendimentos de aposentados e pensionistas.

Com a aprovação do veto na ALMT, Lúdio disse ter se sentido traído pelos colegas de parlamento. Posteriormente, a realização do voto secreto na Casa de Leis também foi questionada.

“Estando líder do governo, quando temos uma votação por derrubada de veto que eu perco, eu não reclamo de ninguém, até porque eu confio no Parlamento, no voto sigiloso e na forma eletrônica que é feita há muito tempo”, defendeu Dilmar.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
18,052SeguidoresSeguir
3,191SeguidoresSeguir
597InscritosInscreva-se