sexta-feira, 25 de junho de 2021
Início Esporte & Cultura Cuiabá desmente boatos e revela decisão sobre demissão de Alberto Valentim

Cuiabá desmente boatos e revela decisão sobre demissão de Alberto Valentim

Técnico foi dispensado após a estreia com empate diante do Juventude-RS

A diretoria do Cuiabá se posicionou sobre a demissão do técnico Alberto Valentim. Em apuração exclusiva da reportagem do Olhar Esportivo, o vice-presidente do clube, Cristiano Dresch, explicou o motivo.

“Desde a reta final do Estadual já não estávamos vendo evolução na equipe. Há alguns dias não acreditava mais no trabalho dele aqui no Cuiabá. Foi uma contratação equivocada e optamos por não dar continuidade”, disse o vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch.

Ainda segundo o dirigente, não teve nenhuma discussão com o técnico após o empate em 2 a 2 contra o Juventude na Arena Pantanal, pela estreia na Série A do Campeonato Brasileiro 2021.

“Não teve nenhum tipo de confusão após o jogo. É tudo fakenews, aconteceu de forma natural essa insatisfação, ninguém da diretoria teve contato com o técnico no estádio. Vamos com calma, tentar contratar o novo técnico na próxima semana. O nosso objetivo é se manter na Série A, não podemos inventar”, finalizou Dresch.

Alberto Valentin realizou 10 jogos no comando do Auriverde da Baixada, onde acumulou sete vitórias e três empates, sendo campeão estadual. No momento, os auxiliares Franco Müller e Luiz Fernando Iubel assumem os treinamentos da equipe.

Depois da demissão do técnico de forma precoce, alguns boatos foram espalhados nas redes sociais, sobre uma suposta discussão com um atleta e membros da presidência.

A assessoria do clube desmentiu em nota oficial.

Veja a nota na íntegra

“O Cuiabá lamenta as inverdades que estão circulando nas redes sociais de uma suposta discussão no vestiário após o empate contra o Juventude, entre a diretoria, um atleta e o ex-treinador Alberto Valentim.

O Cuiabá afirma que nada ocorreu. Apesar da saída de Valentim, o clima no vestiário era de tranquilidade sendo que nenhum tipo de discussão aconteceu.

A diretoria não entrou no vestiário após o término da partida.”

Por: Pedro Lima / Olhar Esportivo

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir