terça-feira, 18 de maio de 2021
Início Cidades Após reinfecção, mãe de primeira-dama não resiste e morre vítima da Covid

Após reinfecção, mãe de primeira-dama não resiste e morre vítima da Covid

Aos 78 anos de idade, dona Euridice chegou a ficar dez meses internada

A mãe primeira-dama do Estado, Virgínia Mendes, dona Euridice Gomes da Silva, faleceu na noite desta segunda-feira (3), vítima da Covid-19.

Euridice foi diagnosticada no final de semana com uma reinfecção pelo vírus e precisou ser internada novamente em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Ela estava hospitalizada em um hospital privado em Cuiabá.

A notícia da reinfecção havia sido revelada mais cedo pela primeira-dama, durante um evento realizado no município de Jaciara.

Na ocasião, bastante emocionada, Virginia comentou que o estado de saúde de sua mãe era bastante delicado e inspirava cuidados.

Aos 78 anos de idade, dona Euridice havia saído do hospital há pouco mais de 10 dias. Ela contraiu o vírus pela primeira vez no ano passado e passou 10 meses internada em São Paulo.

No final de abril, recebeu alta hospitalar e retornou para casa em Cuiabá, para continuar o tratamento. Porém, foi reinfectada e, infelizmente, não resistiu às complicações da Covid-19.

Dona Euridice deixa a filha Virginia, o genro Mauro e os netos Ana Carolina, Luiz e Maria Luiza.

Dona Euridice, ao lado da família – Foto: Divulgação

Secretário ressalta alegria e amor à família

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, externou condolências à primeira-dama, ao governador Mauro Mendes e todos os familiares.

Como amigo da família, ele fez questão de destacar o quanto dona Euridice era querida por todos os que a conheciam.

“Dona Euridice foi uma pessoa extremamente alegre, divertida e que fazia questão de agradar a todos. O que ela mais gostava era de reunir a família e ter todos por perto. Estou muito triste com o falecimento dela e eu e toda minha família vamos sentir muita falta de ter a companhia dela em nossos encontros”, disse Mauro Carvalho.

“Era uma pessoa muito religiosa e, por isso, tenho certeza de que irá descansar nos braços de Deus. Estamos todos em oração para que Deus dê conforto a Virginia, ao Mauro e aos netos. É uma perda irreparável para toda a família e amigos”, acrescentou o chefe da Casa Civil.

Mais lidas nesta categoria
- Publicidade -

Siga-nos nas redes sociais

31Mil FãsCurtir
250SeguidoresSeguir